Cidadeverde.com
Política

Fábio Abreu acredita que PL vai permanecer na base de Wellington Dias

Imprimir

Foto: Paula Sampaio

O deputado federal, Fábio Abreu (PL), afirmou na manhã desta segunda-feira (29) que segue contando com a declaração do presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, que liberou os diretórios nos estados para manterem alianças com o PT. 

O parlamentar pontuou acreditar que será possível manter o PL na base do governador Welington Dias, mesmo após a filiação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que está marcada para terça-feira (30). 

“Acredito muito que a gente permaneça tanto na base como estamos, quanto vamos continuar no PL de forma nacional. Tenho repetido isso, que o presidente do partido Valdemar Costa Neto é homem de palavra, tem sido um homem que honra com seus compromissos e ele fez o vídeo dando essa liberdade ao estado do Piauí”, afirmou. 

Fábio Abreu relatou que o grupo deverá realizar uma reunião interna e posteriormente também se reunirá com o governador Wellington Dias (PT) para alinhar a situação. 

“Se ele [Bolsonaro] for tirar todas as pessoas, se for rejeitar todas os partidos que tenham essa configuração vai ficar praticamente só. Da mesma forma no governo do estado que tem vários candidatos a república diferentes”, apontou Fábio Abreu. 

Questionado sobre a situação dos deputados na base, Wellington Dias (PT) pontuou que até o mês de abril o grupo deverá tomar a melhor decisão para a estratégia estadual e nacional. No Piauí, o PT lançou o pré-candidato petista Rafael Fonteles para governador e à presidência deverá concorrer o ex-presidente Lula (PT), principal adversário de Bolsonaro. 

“Vamos trabalhar isso com isso muita tranquilidade e com respeito aos líderes do PL, que são importantes. Mas é claro, no momento adequado, temos até o começo de abril, vamos tomar a decisão que seja o melhor para estratégia tanto estadual quando nacional”, pontou.

 

Flash Paula Sampaio 
[email protected] 

Imprimir