Cidadeverde.com
Esporte

Chapecoense homenageia vítimas em ato na Arena Condá 5 anos após tragédia

Imprimir

A Chapecoense realizou na noite desta segunda-feira (29) uma homenagem às vítimas do acidente aéreo que, há cinco anos, matou 71 pessoas, entre jogadores, membros da diretoria e da comissão técnica, além de convidados e demais tripulantes do avião.

Arena Condá recebe evento em homenagem às vítimas da tragédia da Chapecoense - Imagem: Cristian Madoglio/ACF

A tragédia ocorreu em 28 de novembro de 2016, quando a equipe viajava à Colômbia para disputar a final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional.

A homenagem foi realizada na Arena Condá, em Chapecó, e contou com a participação do evangelista Deive Leonardo e de outros convidados. O evento "Pra Sempre Lembrados" foi idealizado por familiares das vítimas do acidente.

Os mortos na pandemia da Covid-19 também foram homenageados -o ex-presidente da Chape Ricardo Magro morreu em função da doença em dezembro do ano passado.

No domingo (28), as vítimas da tragédia da Chapecoense já haviam recebido diversas homenagens. Na ocasião, o Atlético Nacional fez uma postagem nas redes sociais em que destacou a relação entre os clubes: "uma amizade para a eternidade".

O avião que levava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, caiu a poucos quilômetros da cidade onde o clube disputaria o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana. O voo havia partido de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.

Seis pessoas sobreviveram ao acidente, entre eles o goleiro Jackson Follman, o zagueiro Neto e o lateral Alan Ruschel -destes, somente Ruschel ainda está em atividade no futebol.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir