Cidadeverde.com
Esporte

Zagueiro da seleção brasileira reage a assalto e briga com ladrão

Imprimir

O zagueiro Gabriel Magalhães, do Arsenal e convocado para os últimos jogos da seleção brasileira, reagiu a um assalto e chegou a brigar com um ladrão, que estava com um taco de beisebol. O caso ocorreu em agosto, mas as imagens do episódio só foram divulgadas agora pela imprensa inglesa.

Foto - Reprodução - Instagram

Segundo o jornal Daily Mail, Gabriel e um amigo foram seguidos até a casa do defensor por dois ladrões. Depois que o carro foi estacionado na garagem, os bandidos, um deles com um taco de beisebol, anunciaram o assalto e exigiram o celular, o relógio e as chaves do veículo do jogador, uma Mercedes avaliada em 45 mil libras (cerca de R$ 335 mil).

O vídeo mostra Gabriel entregando as chaves. Na sequência, a imagem corta para um dos assaltantes tentando acertar o zagueiro com o taco de beisebol. O brasileiro chega a acertar o rosto do bandido com um soco e derruba o boné dele antes do homem sair correndo.

De acordo com o Daily Mail, um dos assaltantes era Abderaham Muse, que foi condenado a cinco anos de prisão no mês passado após a polícia identificá-lo por meio de DNA através do boné que caiu durante a briga.

O técnico do Arsenal, Mikel Arteta, falou, hoje, sobre o episódio em entrevista coletiva. "Gabi mostrou muito caráter. Crédito para ele. Depois disso, ele ficou bem. Obviamente, ele ficou chocado. O clube deu a ele o apoio para tentar seguir em frente", disse o treinador.

Fonte: UOL-FOLHAPRESS

Imprimir