Cidadeverde.com
Últimas

Por nocaute, piauiense Buda vence Dominium Fighter e conquista cinturão no peso galo

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

O piauiense Luís Felipe Buda subiu aos octógonos mais uma vez neste final de semana. Dessa vez pelo Dominium Fighter Championship (DFC), em Campinas (SP) e enfrentou o atleta do Amapá Marcos Titoco. Buda defendeu o cinturão do peso galo e saiu do ring vencedor por nocaute técnico e segue trilhando um caminho vitorioso em busca de uma vaga dentro do UFC Brasil. 

“Consegui vencer e vencer bem. Foi por nocaute técnico e agora cheguei ao número de 16 vitorias no card, são números expressivos. Agora eu quero descansar um pouco, curtir a família, pois os últimos meses foram intensos”, afirmou o lutador piauiense. 

Antes da luta contra o amapaense Márcio Titoco, o lutador piauiense era o campeão interino do peso galo e subiu ao octógono novamente em busca da manutenção do cinturão.

Foto: Divulgação Instagram


 
Buda havia lutado contra o Picthula alguns meses atrás e agora defendeu o cinturão dentro da sua categoria. Os números do piauiense também são impressionantes e após a luta de sábado (11) chegou aos 16 vitorias sendo 11 delas por nocaute e tem sete derrotas em seu sherdog. 

Após um 2020 inteiro longe dos octógonos, por conta da pandemia o atleta buscou o retorno e a vitória logo nesse começo desse ano e lutou no mês de fevereiro. A intenção de Luís Felipe Buda é dar continuidade na sua busca por uma maior representatividade no cenário nacional dos lutadores. A preparação para essa luta em específico foi bastante intensa com início de preparação em Teresina e encerramento em solo paulista. 

Buda é um atleta dito como 'completo' para o MMA, pois já passeou por várias lutas e tem boa técnica de solo/chão e também na parte de trocação graças ao jiu-jitsu, boxe e muay thai. 

No momento, o lutador descansa com a família e planeja retonar aos treinos na próxima segunda-feira (20). 

 

 

Pâmella Maranhão
[email protected]

Imprimir