Cidadeverde.com
Cidades

Vídeo e perícia no celular vão ajudar a esclarecer assassinato do prefeito Zé Filho

Imprimir

 

Mais de 20 pessoas já foram ouvidas no inquérito policial sobre o assassinato do prefeito de Madeiro, Zé Filho (Progressistas). O suspeito de ter efetuado os disparos é um afilhado do gestor que confessou o crime ao ser preso. Mesmo diante da confissão, a Polícia Civil do Piauí aguarda o resultado de algumas perícias, a exemplo, da análise que está sendo realizada no celular da vítima que pode esclarecer a motivação do crime. 

"O celular do prefeito está na perícia. Acreditamos que a análise do aparelho deve esclarecer e reforçar a motivação do crime", reforça o delegado Bruno Ursulino, presidente do inquérito policial.  

O afilhado da vítima- que segue preso temporariamente- nega que tenha premeditado o assassinato e sustenta que a motivação teria sido questões familiares. 

"Ele disse que a vítima chamava o pai dele de ladrão, desonesto e que isso o fez nutrir um ódio contra o prefeito de Madeiro. Na gestão anterior, o pai do suspeito era responsável pela parte de transportes e o gerenciamento de combustíveis lá na prefeitura", disse o delegado à época da prisão do suspeito. 

A TV Cidade Verde exibiu um vídeo que mostra Felipe Anderson Seixas de Araújo próximo ao campo de futebol onde ocorreu o homicídio, o que reforça a hipótese de premeditação levantada pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e pode aumentar a pena em caso de condenação. 

Foto: Arquivo pessoal

 

O delegado Bruno Ursulino diz que o vídeo leva a crer que mais pessoas teriam conhecimento da ameaça que o afilhado representava ao prefeito. Um dos detalhes que chama a atenção é que as imagens focam o suspeito próximo à camionete da vítima. 

"A gente acredita que as ameaças sofridas pelo prefeito eram do conhecimento de outras pessoas, tanto que quem fez o vídeo focou o suspeito próximo ao carro do prefeito no dia do crime", analisa o delegado. 

JUSTIÇA

O prefeito Zé Filho foi assassinado em 28 de novembro deste ano. Nesta quarta-feira (14), Madeiro fez 26 anos de emancipação política e o aniversário da cidade foi marcado por uma passeata em memória do gestor falecido, além de pedidos de paz e Justiça. 

 

 

Graciane Sousa
[email protected]

  • felipe_seias_(7).jpg Roberta Aline
  • felipe_seias_(6).jpg Roberta Aline
  • felipe_seias_(5).jpg Roberta Aline
  • felipe_seias_(4).jpg Roberta Aline
  • felipe_seias_(3).jpg Roberta Aline
  • felipe_seias_(2).jpg Roberta Aline
  • felipe_seias_(1).jpg Roberta Aline
Imprimir