Cidadeverde.com
Política

Governadores negociam compra direta de vacinas para crianças com a Pfizer

Imprimir

Foto: Roberta Aline

O governador Wellington Dias (PT) informou nesta segunda-feira (20) que os estados buscam fazer compra direita com a empresa Pfizer para aquisição de vacinas para imunizar crianças de 5 a 11 anos.

Semana passada, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a indicação da vacina Comirnaty para imunização contra o novo coronavírus (Covid-19) em crianças de 5 a 11 anos de idade. A aprovação permite o início do uso da vacina no Brasil para esta faixa etária.

“Estamos dialogando com a Pfizer para aquisição de vacina dentro da dosagem adequada para crianças acima de 5 anos e pedindo uma posição da Pfizer e Astrazeneca para que Anvisa faça os testes com os medicamentos”, disse o governador durante entrevista à CBN.

O impasse dos governadores é que o Plano Nacional de Imunização (PNI) coloca a compra centralizada no governo federal. O Ministério da Saúde também não se posicionou de quando irá iniciar a vacinação das crianças.  

Durante a entrevista, o governador repudiou os ataques que vem sofrendo os funcionários da Anvisa. 

“O objetivo é de não perder tempo para começar em dezembro para ter chances de iniciar as aulas com uma segurança maior. A vacina é adequada e contribui para chegar a 80% da imunização completa da população e ter um controle maior do coronavírus”, disse o governador.


 

Flash Yala Sena
[email protected]

Imprimir