Cidadeverde.com
Geral

FMS estuda ampliar UBS exclusivas para síndromes gripais após aumento de casos

Imprimir

Foto: Divulgação/PMT

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) estuda ampliar o número de Unidades Básicas de Saúde (UBS) em Teresina para atendimento exclusivo de síndromes gripais. Uma reunião entre diretores da FMS acontece na manhã desta quarta-feira(29), a portas fechadas, para definir o número ideal para atender a demanda na cidade. 

A discussão acontece após o aumento significativo em casos de síndromes gripais que estão surgindo nas últimas semanas em Teresina.

Na manhã desta quarta (29), a FMS divulgou que quatro UBS e o Hospital do Monte Castelo atenderam exclusivamente à síndrome gripal. No entanto, devido a alta demanda, esse número será ampliado. 

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, informou que as outras 88 UBS estão atendendo as demandas de saúde regulares da Atenção Básica. 

“São oferecidas consultas médicas e de enfermagem para atender pessoas com problemas de saúde que não sejam gripais. Os serviços de coleta de exame, retirada de pontos, curativos, trocas de sonda, salas de vacina e entrega de medicamentos permanecem funcionando”, explica.

UBS para atendimento gripal 

Na zona Norte, o atendimento é feito na UBS Real Copagre; na zona Leste, as pessoas podem procurar atendimento na UBS Planalto Uruguai; na zona Sudeste o atendimento é feito na UBS Gurupi e na zona Sul o atendimento é na UBS Parque Piauí além do Hospital Monte Castelo que atende urgências e internação.

Esses atendimentos nas UBS são todos os dias, incluindo finais de semana e feriados, das 7h às 19h. No Hospital do Monte Castelo o atendimento é todos os dias 24 horas.

A coordenadora de Ações Estratégicas da FMS, Nádia Spindola, explica que o atendimento é realizado conforme protocolos determinados pelo Ministério da Saúde. 

“Nessas quatro UBS para atendimento de síndromes gripais, o paciente é colocado em local separado, preferencialmente arejado e feita avaliação do paciente que recebe atendimento médico, faz exames conforme a avaliação do médico”, diz.

Clique aqui e confira os endereços das UBS

Atendimento no Monte Castelo 

A diretora do Hospital do Monte Castelo, Martina Cavalcante, explica que devem procurar atendimento quem está com sintomas de síndrome gripal. 

“Se o paciente apresentar sintomas leves ou graves de síndromes gripais é conduzido para atendimento. Se for outro problema de saúde é orientado para procurar uma UPA ou outro hospita", destacou a diretora Cavalcante. 

No momento do atendimento é feita a ficha do paciente e a classificação de risco. Conforme a condição clínica do paciente, se for grave, vai para atendimento de urgência no setor de estabilização para receber o atendimento com médicos e enfermeiros. Se for quadro leve ou moderado com alguns dos sintomas como coriza, tosse, febre, dor de cabeça, perda de olfato, paladar ou outro sintoma é atendido pelo médico e feita a testagem.

"Ao sair o resultado o paciente é encaminhado ao consultório médico e o profissional vai dar orientações. Se é positivo para Covid, o médico avalia se é caso de internação ou se o tratamento pode ser feito em casa”, completou a diretora.

 

Nataniel Lima (Com informações da FMS)
[email protected]

Imprimir