Cidadeverde.com
Geral

Moradores usam canoas e enfrentam animais para retirar móveis de casas alagadas

Imprimir
  • 1_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 2_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 3_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 4_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 5_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 6_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 7_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 8_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 9_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 10_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 11_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 12_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 13_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 14_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 15_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 16_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 17_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 18_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 19_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 20_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 21_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 22_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 23_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 24_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 25_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 26_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 27_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 28_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 29_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com
  • 30_ok_edit.jpg Roberta Aline/ Cidadeverde.com

Famílias da zona Norte de Teresina estão sendo obrigadas a deixar suas casas nos últimos dias por conta dos alagamentos causados pela subida do nível de lagoas na região. Em toda a capital, segundo a Defesa Civil, cerca de 120 famílias já saíram de casa por conta das fortes chuvas.

Durante o processo, animais, como jacarés, têm aparecido nas residências dos moradores, que utilizam canoas para tentar resgatar móveis e eletrodomésticos. 

Eliene Barbosa Da Silva, de 52 anos, mora há quatro anos no bairro Mafrense, zona Norte de Teresina, e foi uma das moradoras da rua Carteiro Pintassilgo atingidas pelos alagamentos. 

“Ao invés de eu ficar com medo do jacaré, ele que ficou com medo de mim. A gente que veio invadir o habitat dos animais. Mas tá na hora do poder público ajudar nós”, pontuou Eliane. 

Em entrevista ao Cidadeverde.com, a mulher relatou que o prefeito Dr. Pessoa visitou a região no domingo (02/01) e que prometeu aos moradores da rua emprego e assistência. 

“Dr Pessoa, por favor, olhe para mim. Eu tenho um neto de oito mês e duas filhas”, falou Eliene, que está desabrigada e está aveludada no colégio próximo da sua casa, onde 17 famílias estão abrigadas. 

Dona Livramento foi outra moradora do bairro Mafrense que ficou desabrigada. A água da lagoa que transbordou invadiu sua casa. Os móveis e eletrodomésticos estão sendo retirados com o auxílio de uma canoa. 

“Eu estou indo para a casa de uma irmã minha. Mas vamos ter que alugar outra casa porque não cabe. São seis famílias. A água está dentro de casa na cintura e as cobras”, lamentou dona Livramento, que perdeu duas geladeiras no alagamento. 

A mulher mora há seis anos na região e, segundo ela, essa é a primeira vez desde que ela foi morar no local que a lagoa transborda e obrigada os moradores a deixarem suas casas. 

“É difícil. Agradeço a Deus por estar escapando com saúde para continuar a vida para frente”, completa dona Livramento que está há três dias retirando os móveis da sua residência.
Aguarde mais informações

Famílias são abrigadas em escolas 

Parte das famílias que precisaram deixar as casas no bairro Mafrense estão sendo abrigadas em escolas da região, com auxílio da Defesa Civil e da assistência social da Prefeitura de Teresina. 

A família da dona de casa Adriana Gomes de Oliveira é uma das que estão abrigadas na Escola Municipal Domingos Afonso Mafrense. Ela foi removida de sua casa na tarde de ontem (02) por agentes da Defesa Civil de Teresina. A mulher está no colégio com seu marido e suas duas filhas. 

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com 

Adriana lamentou o fato de estar vivendo essa situação porque, segundo ela, ganhou uma casa no Parque Brasil, mas a Prefeitura de Teresina nunca fez a entrega. 

“Entregaram para umas e outras não. E lá onde eu tava era área de risco. Está tudo dentro da água. Eu preciso de uma casa. Nunca entregaram. Senão, eu não estava nessa situação”, argumentou Adriana.

 


Flash Nataniel Lima 
[email protected]

Imprimir