Cidadeverde.com
Vida Saudável

Rede Feminina Estadual de Combate ao Câncer do Piauí abraça campanha Janeiro Branco

Imprimir





Em um esforço nacional para aumentar a atenção à saúde mental da população, o primeiro mês do ano foi designado Janeiro Branco. A campanha serve para alertar sobre as necessidades relacionadas à saúde mental e emocional das pessoas.
 
Com o intuito de reforçar essa corrente de apoio à vida, a Rede Feminina Estadual de Combate ao Câncer do Piauí (RFCC-PI) abraça a campanha Janeiro Branco.
 
No atual período de crise sanitária, a abordagem sobre o assunto se torna ainda mais necessária. Uma pesquisa realizada pelo instituto de pesquisas Datafolha, divulgada em 2021, registrou o impacto da pandemia de Covid-19 na saúde mental dos indivíduos. De cada 10 pessoas, pelo menos quatro relataram problemas psicológicos como ansiedade ou depressão desde o início da pandemia.
 
“Somos a Rede Feminina de Combate ao Câncer, instituição que também ajuda a garantir a saúde mental das pessoas assistidas. Devemos ser proativos em prevenir o adoecimento mental e cuidar de todos a nossa volta", afirma Carmen Campelo, presidente da RFCC-PI.
 
Idealizada pelo psicólogo Leonardo Abrahão, a campanha Janeiro Branco surgiu em 2014, quando profissionais de saúde da área de psicologia de Uberlândia, Minas Gerais, saíram às ruas para debater sobre Saúde Mental, Saúde Emocional, o sentido da vida, a qualidade de vida e a harmonia nas relações humanas.

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir