Cidadeverde.com
Política

Dr. Pessoa vai à Câmara buscar apoio para socorrer desabrigados em Teresina

Imprimir
  • 6.jpg Romulo Piaulino/Semcom
  • 5.jpg Romulo Piaulino/Semcom
  • 4.jpg Romulo Piaulino/Semcom
  • 3.jpg Romulo Piaulino/Semcom
  • 2.jpg Romulo Piaulino/Semcom
  • 1.jpg Romulo Piaulino/Semcom

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB), foi à Câmara Municipal na manhã desta terça-feira (18) para uma reunião com o presidente da casa, Jeová Alencar (MDB), e um grupo de vereadores. 

O gestor afirmou que o objetivo do encontro é pedir mais apoio dos parlamentares para atender as famílias atingidas por enchentes na capital. 

“Toda vez que precisei eles nunca me negaram. Nunca andei aqui conversando com vereador por trás de porta, por trás de árvore, etc, porque são altamente preparados. Vou pedir mais apoio, porque as chuvas começaram e poderá vir coisa pior”, frisou Dr. Pessoa. 

Jeová Alencar afirmou que é momento de superar diferenças políticas e confirmou que a Câmara está à disposição e vai iniciar um estudo para viabilizar o remanejamento de emendas para socorro aos desabrigados. 

O vereador tem frisado também que a administração municipal pode fazer o remanejamento de até 15% de emendas sem consultar o Legislativo. 

“Nesse momento temos que esquecer postos partidários, questões políticas e trabalhar pela cidade e é isso que o prefeito quer”, pontuou. 

Vereadores vão destinar recursos 

Após a reunião Jeová Alencar informou que até sexta-feira (21) divulgará o montante que poderá ser destinado pelos vereadores ao pedido do prefeito. Segundo ele, ao longo da semana cada parlamentar vai fazer um estudo de orçamento do quantitativo que poderá ser realocado. 

“Todos os vereadores colocaram suas emendas no PPA do ano passado, na LOA do ano passado. Cada vereador vai olhar o seu orçamento e nesse momento vai destinar aquilo que ele acho que é devido, o que ele pode, a sua maneira”, pontou. 

O presidente ainda informou que não será preciso revogar o decreto que impede remanejamentos e que os estes poderão ser feitos apenas por meio de uma flexibilização do documento. 

Prefeito cobra recursos 

Já o prefeito Dr. Pessoa considerou a reunião 100% proveitosa. Pelo menos 25 dos 29 vereadores da Câmara marcaram presença, mostrando a solidificada força do Executivo. 

O prefeito reclamou também que até o momento não recebeu nenhum recurso dos governos estadual e federal. Segundo ele, o recursos anunciados ficaram apenas na “promessa”. 

“Nem do governo do estado e nem do federal, só promessas, mas tem um dizer que diz que não é bom viver de promessas. Eu quero ver a coisa acontecer o mais rápido possível pois estamos um período de vulnerabilidade causado pelas chuvas”, frisou. 

Flash Paula Sampaio
[email protected] 

Imprimir