Cidadeverde.com
Geral

Dona de casa baleada no rosto morre após 5 dias internada no HUT

Imprimir

Foto: Renato Andrade / Cidadeverde.com 

A dona de casa Marilena Pereira da Rocha, baleada no rosto na semana passada no bairro Mocambinho, não resistiu e morreu na tarde desta segunda-feira (31). Ela estava internada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) desde o ocorrido, no dia 26 de janeiro. O principal suspeito do crime é o ex-marido dela, o tenente aposentado da Polícia Militar, Pedro José de Oliveira, de 65 anos. Ele está preso.

Marilena foi atingida por três disparos de arma de fogo  no rosto na manhã da última quarta-feira. Segundo informações repassadas por policiais do 9º DP no dia da ocorrência, a vítima estava em uma bicicleta quando foi derrubada pelo suspeito e baleada à queima-roupa. 

“A filha dela nos falou que tinha olhado ele nas imediações da casa dela e quando foi hoje ele seguiu ela e derrubou ela no chão e atirou nela à queima-roupa”, disse o chefe de investigação do 9º DP, Edson Campos. em entrevista ao Cidadeverde.com no dia do crime.

Segundo ele, o casal estava separado há cerca de 20 anos e a suspeita é que o crime tenha sido premeditado. 

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir