Cidadeverde.com
Geral

Covid: Mortes no mundo registram maior número diário; 14 mil perderam a vida

Imprimir

Foto: Arquivo Cidadeverde.com

O mundo registrou o maior número diário de mortes pela Covid-19, segundo a plataforma Our World in Data, projeto de monitoramento da doença lidado à Universidade Johns Hopkins. De acordo com os dados da plataforma, na terça (1º) o mundo registrou 14.303 óbitos causados pela doença. O número é o maior contabilizado desde 7 de maio do passado, quando foram registradas 14.418 mortes.

O novo pico registrado no período ocorre em meio à proliferação da variante ômicron do novo coronavírus. Na média móvel dos últimos sete dias registrada até esta terça, de 10.094 mortes, a quantidade é a maior em cinco meses - 27 de agosto de 2021, a média estava em 10.127 óbitos.

Há nove meses, a Índia já enfrentava uma escalada de casos confirmados com a variante ômicron. No Brasil, a população ainda sentia os efeitos da gama.

Apesar da maior transmissibilidade da ômicron, no entanto, os números mostram que os casos começaram a arrefecer, embora a mesma tendência não seja observada nos óbitos. A média de novos infectados, segundo a Our World in Data, está em 3,13 milhões por dia. A quantidade representa uma queda de quase 9% em relação ao recorde de 3,43 milhões registrados em 24 de janeiro.

Veja o ranking de países com mortes por covid-19 nas últimas 24 horas

Estados Unidos: 3.622
Índia: 1.733
Reino Unido: 1.123
México: 829
Brasil: 767
Rússia: 649
Itália: 427
Espanha: 408
França: 368
Peru: 329

Acompanhe mais atualizações de saúde na editoria e no instagram @vidasaudavelnacv

Fonte: Folhapress

Imprimir