Cidadeverde.com
Geral

Primeira etapa da galeria da zona Leste tem novo prazo para fevereiro

Imprimir

O prazo de entrega da primeira etapa da galeria da zona Leste passou do fim de janeiro para fevereiro. Entre os problemas para o atraso, o superintendente de Ações Administrativas Descentralizadas (Saad Leste), James Guerra, cita as chuvas no início do ano, problemas no solo, acúmulo de areia, entre outros. 

"O prefeito vai entregar, em uns 10 a 15 dias, a obra até a Homero. O sentido das águas é do balão do São Cristóvão para a Homero. Quando a primeira etapa for entregue, tudo o que existe da Homero até o rio está sanado. A galeria é funcional", acrescenta o superintendente da Saad Leste. 

Foto: Renato Andrade/ Cidadeverde.com

Com a galeria, o problema de alagamento deve ser resolvido no trecho que compreeende a  avenida Homero Castelo Branco. 

"O local onde estava parada ( rua Eustáquio à avenida Homero Castelo Branco) foi retomado em abril. São 240 metros e faltam 10 metros, ou seja, avançamos 230 metros em poucos meses, a pesar das chuvas", reitera Guerra. 

Os investimentos nos próximos 30 meses são de R$ 65 milhões, incluindo as três etapas da obra. 

James Guerra explica que após a entrega da primeira etapa será iniciada a fase de microdrenagem até à avenida Senador Area Leão. "O prefeito e o ministro João Henrique estão em vias de autorizar um aditivo dessa obra da avenida Senador Area Leão até à Jóquei Clube", reitera.

A segunda etapa vai da avenida Homero Castelo Branco à Presidente Kennedy  e a terceira da Presidente Kennedy ao bairro Morada do Sol. "A obra está dentro do cronograma, a prefeitura paga absolutamente em dia a empresa que aumentou a equipe. Tem trabalho até a noite", destaca o superintendente.

Paralelo à obra da galeria, James Guerra diz que a prefeitura tem atuado para resolver problemas diagnosticados em 38 pontos críticos na mesma zona.

 

Com informações Jornal do Piauí
[email protected]

Imprimir