Cidadeverde.com
Geral

Flow anuncia a demissão do apresentador Monark após apologia ao nazismo

Imprimir

Foto: Reprodução

O podcast Flow anunciou nesta terça (8) a demissão do apresentador Monark, que defendeu a existência de um partido nazista reconhecido por lei no Brasil em um episódio do projeto.

"Ao longo da nossa história, tratamos de temas sensíveis buscando promover conversas abertas sobre assuntos relevantes para a nossa sociedade, sem preconceitos ou ideias pré-concebidas, pelo que acreditamos e defendemos. Reforçamos nosso comprometimento com a Democracia e Direitos Humanos, portanto, o episódio 545 foi retirado do ar. Comunicamos também a decisão de que, a partir de agora, o youtuber Bruno Aiub, o Monark, está desligado do Estúdios Flow", comunicou a empresa que mantém o podcast.

A defesa da existência de um partido nazista dentro da lei por Monark foi feita durante transmissão ao vivo na segunda-feira (7), na qual eram entrevistados os deputados federais Kim Kataguiri (Podemos) e Tabata Amaral (PSB).

"A esquerda radical tem muito mais espaço que a direita radical, na minha opinião. Para mim, as duas tinham que ter espaço. Eu acho que o nazista tinha que ter o partido nazista reconhecido pela lei", afirmou o apresentador.

Ele foi rebatido por Tabata logo após a declaração, mas insistiu no argumento questionando a parlamentar. "As pessoas não têm o direito de ser idiotas?", perguntou.

Fonte: Folhapress

Imprimir