Cidadeverde.com
Entretenimento

Claudia Raia diz que ficou mal após término por iniciativa de Jô Soares

Imprimir

Fabio Moreno / AgNews

A atriz Claudia Raia, 55, esteve no canal Tete a Théo, do ator Theodoro Cochrane, e, em entrevista relembrou seu namoro com o apresentador Jô Soares, 84, que durou de 1984 a 1986. A artista revelou que foi um baque quando o humorista decidiu terminar o relacionamento.

"Eu estava era apaixonada por ele e eu me ferrei um pouco. Me ferrei não, porque foi incrível. Mas ele terminou comigo a relação, e eu fiquei bem mal", afirmou. A atriz contou que os dois começaram a se aproximar quando ela trabalhava no programa Viva o Gordo (1981-1987).

Raia conta que estava no trabalho há cerca de cinco meses, e Jô sempre era gentil com ela. "Até que um dia ele viu uma pinta na minha perna, essa história é um absurdo, e falou assim: 'Essa pinta é o quê?'. Eu falei: 'É uma pinta, eu adoro a minha pinta'. Ele falou: 'Tem que tirar isso'", relatou.

A artista conta que a marca na pele era, na verdade, um melanoma cancerígeno e que Jô a levou para se consultar com Dráuzio Varella e retirar a pinta. "Ele me salvou, de verdade. Dali, a gente começou uma relação de amizade", comentou ao filho da apresentadora Marília Gabriela.

Na época, a atriz namorava Raul Gazolla, 66, e disse que não esperava se apaixonar por Jô. "[Ele] era um homem espetacular. Nem eu dava conta daquilo. Era muito jovem, apaixonada por um homem esteticamente fora dos padrões que eu estava acostumada", completou.

Para a artista, um dos grandes motivos para o término do namoroera a grande diferença de idade entre os dois. "Ele era 30 anos mais velho que eu. Eu era mais nova do que o filho dele. Era bizarro", relembra ela na entrevista. Na época do namoro, Raia tinha 17 anos.

 

Fonte: Folhapress

Imprimir