Cidadeverde.com
Esporte

Ítalo Rodrigues assume de forma definitava a presidência do River

Imprimir

Foto: Ascom River


O desembargador Francisco Antônio Paes Landim extinguiu o processo que colocava sub judice a eleição para presidente do River-PI nesta segunda-feira (21) após quase três meses que eleição foi anulada. Com isso, o presidente eleito na eleição do ano passado, Ítalo Rodrigues assume de forma definitiva. 

“Foi um acordo compactuado entre as partes e homologado pela Justiça, portanto, o resultado das eleições agora é definitivo. Vamos fazer a reestruturação do corpo administrativo do clube, com a criação da Diretoria Executiva de Futebol Profissional e de Base, a qual terá a frente Marco Antônio Araújo, que já foi nomeado”, destaca o presidente.

Um dos principais impasses foi quanto a quantidade de sócios votantes, pois uma das chapas teria anistiado os sócios inadimplentes com o clube para poder votar e a outra chapa discordou. 

O processo foi extinto após haver um acordo entre as partes. “Quando as partes chegam a acordo, sem nenhum vício de vontade, nada mais incumbe ao juiz, em primeiro ou segundo grau de jurisdição, senão homologar a transação havida”, destacou o desembargador em sua decisão. 

Ítalo Rodrigues foi eleito para a função máxima do Tricolor no triênio 2021-2023, tendo com vice-presidente Genivaldo Campelo, que comandou o Galo de 2018-2020. 

A equipe do River passou por muitas turbulencias no decorrer do Campeonato Piauiense, mas apesar disso, segue dentro do G4 da competição e brigando diretamente por uma vaga nas semifinais. Ontem (20) o time comandado por Wallace Lemos venceu o Fluminense-PI por 1 a 0, com gol de Jú Alagoano e agora terá essa semana pela frente o 4 de Julho, na sexta-feira (25), às 20h, no Albertão. 

Na sequência o time tem pela frente 4 de Julho e o Parnahyba que é adversário direto pela 4ª vaga dentro da competição. O River tem 18 pontos somados em 11 jogos no Estadual e tenta voltar as semifinais após dois anos em que o time lutou contra rebaixamento no Piauiense. 

 

Da Redação 

Imprimir