Cidadeverde.com
Geral

Sefaz implanta Reengenharia de Postos para dar mais agilidade

Imprimir
Para se ter uma maior eficiência e rapidez na realização das atividades dos Postos Fiscais do Estado, uma equipe da Gerência de Controle de Mercadorias em Trânsito da Secretaria da Fazenda do Piauí desenvolveu o Projeto de Reengenharia dos Postos. O projeto tem como objetivo tomar conhecimento da real situação do funcionamento dos postos, para que, a partir daí, sejam tomadas medidas que visem uma maior produtividade nos setores e consequentemente, oferecer um melhor atendimento ao público.

Um mapeamento foi realizado em todos os postos fiscais do Estado, analisando-se a rotina dos servidores, a estrutura física e a distribuição de atividades para cada servidor. Um questionário foi aplicado aos servidores e detectou-se que dentre os 700 técnicos fazendários, 120 são supervisores e cerca de 27% do efetivo possuem nível superior, dentre outras informações que foram úteis para o planejamento da reengenharia.

Através deste mapeamento, o projeto traçou algumas metas no intuito de diminuir o tempo gasto na tramitação de um documento fiscal no posto, de melhor aproveitar a mão-de-obra técnica, promover um ambiente de trabalho mais harmônico e reduzir os custos, contribuindo dessa forma para uma maior produtividade e arrecadação.

“Tendo em vista que a Sefaz passa por um processo de modernização, o projeto prevê a realização de cursos aos servidores para que eles se adequem às novas tecnologias implantadas nos novos sistemas. Porque o que se percebeu foi um avanço muito grande em tecnologias e parte da mão-de-obra não acompanhou esse progresso”, informou Carlos Gomes, idealizador do projeto e coordenador da GTRAN.

No mês de março, um projeto piloto foi desenvolvido nos Postos Fiscais da região de Parnaíba e em São João da Fronteira, obtendo resultados positivos. De acordo, com o coordenador do Posto Fiscal de São João da Fronteira, Raimundo Augusto Neto, com o novo sistema houve uma melhora significativa na auto-estima dos servidores. “Possuidores de conhecimentos e com larga experiência no trabalho, os servidores que se encontravam engessados por procedimentos repetitivos, passam agora a ter mais liberdade e responsabilidade, utilizando seus conhecimentos para resolução e um maior entendimento dos procedimentos em geral, resultando assim em uma maior motivação”, ressaltou o coordenador.

A Reengenharia dos Postos entrou em vigor neste mês de abril e uma das mudanças já implementadas, é o novo layout dos postos fiscais. Segundo Carlos Gomes, o modo como os técnicos ficavam distribuídos nos Postos demandava muito tempo para tramitar um documento. “Por exemplo, uma simples liberação de um documento fiscal, demorava muito porque antes os técnicos, ao receber a nota, tinham que repassar o documento aos digitadores, que ficavam em outro setor distante, que depois de tramitado deveria ser devolvido ao técnico, para só então ser feita a liberação da carga. Um procedimento como esse demandava tempo e fazia com que os postos ficassem congestionados. Hoje os técnicos trabalham juntamente com os digitadores o que facilita o trabalho de ambos e diminui o tempo para liberação de documentos fiscais.

“São medidas simples como essa que fazem o trabalho de fiscalização dos postos melhorar cada vez, contribuindo para um hábil atendimento à sociedade e o fiel cumprimento da lei pelos contribuintes”, conclui Gomes.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Tags:
Imprimir