Cidadeverde.com
Esporte

Em calendário apertado, Fluminense enfrenta o Junior Barranquila nesta quarta-feira

Imprimir

Brasileiro, Copa do Brasil e Sul-Americana. As três competições que o Fluminense começou a disputar em abril exigirão muito da parte física da equipe, que já atuou três vezes neste mês e ainda terá mais 14 partidas pela frente até o final de maio.

Foto - Lucas Merçon/Fluminense F.C.

A maratona começa nesta semana, quando a equipe viaja até Barranquilla, na Colômbia, para enfrentar o Junior Barranquilla nesta quarta (13), às 21h30, pelo Grupo H da Copa Sul-Americana.

Na sequência, o Fluminense pousa em Mato Grosso para o duelo contra o Cuiabá na Série A, marcado para sábado (16), às 21h30. Na volta ao Rio, a estreia na terceira fase da Copa do Brasil, diante do Vila Nova na terça (19), às 21h30.

Os 17 compromissos em 60 dias, além das viagens pelo Brasil e América do Sul devem fazer que o técnico Abel Braga altere muito os titulares. Por exemplo, no empate sem gols contra o Santos, na estreia do Campeonato Brasileiro do último sábado (9), o meia Ganso já foi preservado no clube tricolor.

A rotatividade entre os titulares já aconteceu no começo no ano, quando o clube das Laranjeiras embalou uma série de 13 vitórias seguidas entre o Campeonato Carioca e a pré-Libertadores.

O período, inclusive, serviu para deixar todo elenco em ritmo de jogo e fez com que atletas, como o atacante Jhon Arias, ganhassem mais espaço na equipe titulares.

Além dos números obtidos, outro fator que indica a necessidade de revezar são as peças do elenco, que mescla veteranos e jogadores muito jovens. Seis dos principais nomes da equipe já estão com mais de 30 anos: o goleiro Fábio, os zagueiros Manoel e David Braz, o volante Felipe Melo, o meia Ganso e o centroavante Cano.

"É complexo. O número de jogos e competições vai ser muito complicado neste mês. Com jogos quarta e domingo, você precisa ter um plantel numeroso, mas nenhum treinador quer ter muita gente, porque você acaba não trabalhando bem com o grupo inteiro. 

Feliz do Fluminense que tem um preparador físico como o Marquinhos, um auxiliar como o Chico e uma comissão técnica, com Marcão, Ricardo e Leomir, que ajuda muito. Mas, sempre vamos ter problema", avaliou o treinador no último sábado (9).

Para a partida desta quarta, é a de que Ganso esteja entre os jogadores escalados. O meia viajou com a delegação para a Colômbia nesta segunda-feira, e participa do último treino antes do confronto, nesta terça-feira (12).

Uma provável escalação do Fluminense tem: Fábio; Manoel, David Braz, Nino; André, Yago Felipe, Calegari, Ganso, Cristiano Sillva; Arias e Cano.

O Junior Barranquilla, por sua vez, deve ir a campo com: Sebastián Viera, Fabián Viáfara, Dany Rosero, Jorge Arias, Gabriel Fuentes, Didier Moreno, Daniel Giraldo, Edwuin Cetré, Yesus Cabrera, Fredy Hinestroza, Miguel Borja.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir