Cidadeverde.com
Política

Ministério da Saúde destina R$ 1 milhão para Teresina e recurso deve ir para combate a dengue

Imprimir

O Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União desta quarta-feira (13), portaria de nº 811, onde destinou R$ 1.083.567,00 milhão para a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, com base em recursos destinados por meio de emendas parlamentares.

O presidente da FMS, o médico Gilberto Albuquerque, afirmou que ainda não sabe para que área o recurso foi destinado, mas que neste momento o foco está sendo no combate ao surto de dengue que o município atualmente enfrenta.

“Quando eles encaminham os recursos, eles colocam um direcionamento para a área onde esse valor deve ser aplicado, se é para investimento ou custeio. Ainda não sei a área, mas dependendo de qual o segmento, já temos vários projetos prontos para que o valor seja destinado. Atualmente o nosso foco está sendo o combate e prevenção em relação a dengue, já que estamos enfrentando um aumento de casos nesse momento”, explicou Gilberto Albuquerque.

De janeiro a 11 de abril deste ano, já foram registrados 855 casos e duas mortes. Em 2011, nesse mesmo período, foram 146 casos e nenhuma morte. Ou seja, um aumento de 478% nos casos.

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

De acordo com o médico, devido ao período de chuvas, a cidade enfrenta um surto de casos de dengue. O mosquito Aedes aegypti ainda transmite a zika e a chikungunya. 

“O nosso inverno começou no final de outubro. Já estamos com quase 6 meses de chuvas. Quanto mais chuva, mais água acumula, maior o tempo e a possibilidade desses ovos eclodirem e liberarem as larvas. Então esse ano vamos ter um pico de dengue muito grande. Lembrando que a dengue também mata. A Chikungunya pode deixar as pessoas com deficiência por muito tempo”, alertou.

Além das ações de conscientização para que a população não deixe água parada, a FMS já informou que o carro fumacê vai passar pela cidade, principalmente em áreas com registro de aumento de casos. Quando o carro estiver passando, a população deve abrir portas e janelas para que o inseticida dispensado no ar possa circular dentro das casas, eliminando o maior número possível de mosquitos da dengue..

"Onde o fumacê está passando, é porque existe um índice muito alto de casos naquela região, inclusive as pessoas devem deixar as janelas abertas, se fechar, não entra na sua casa e não mata o que está lá dentro", afirmou.

Ações que a população deve tomar, pelo menos uma vez por semana: 

  • verificar se a caixa d’água está bem tampada; 
  • deixar as lixeiras bem tampadas; 
  • colocar areia nos pratos de plantas; 
  • recolher e acondicionar o lixo do quintal; 
  • limpar as calhas; cobrir piscinas; 
  • tapar os ralos e baixar as tampas dos vasos sanitários; 
  • limpar a bandeja externa da geladeira; limpar e guardar as vasilhas dos bichos de estimação; 
  • limpar a bandeja coletora de água do ar-condicionado; 
  • cobrir bem a cisterna e cobrir bem todos os reservatórios de água.

 

Bárbara Rodrigues
[email protected]

 

Imprimir