Cidadeverde.com
Cidades

Pane mecânica e mau conservação de ônibus causaram acidente na BR 135, diz PRF-PI

Imprimir

Foto: Divulgação/PRF-PI

A Polícia Rodoviária Federal no Piauí (PRF-PI) informou nesta sexta-feira (22) que uma pane mecânica e o mau estado de conservação do ônibus escolar teriam sido os causadores do acidente na BR 135, que deixou várias pessoas feridas no município de São Gonçalo do Gurguéia, distante 789 km de Teresina.

A colisão ocorreu na tarde de quinta-feira (21), entre um ônibus escolar, um caminhão baú e uma caminhonete. A Secretaria de Cultura de São Gonçalo do Gurguéia informou que 29 pessoas estavam no ônibus, entre crianças, mães/responsáveis, colaboradores da secretaria e o motorista. No caminhão estava uma pessoa e na caminhonete três pessoas.

Segundo a PRF, o motorista do ônibus perdeu o controle, invadiu a faixa contrária e acabou colidindo frontalmente com o caminhão e atingindo a caminhonete que estavam parados no acostamento aguardando a liberação da pista. A má conservação do ônibus e uma pane mecânica seriam os causadores do acidente.

“A princípio, as causas do acidente foram pane mecânica e mau estado de conservação do ônibus escolar. Os PRFs constaram que uma das cuícas de freio estava isolada/bloqueada e que os 4 pneus traseiros do ônibus estavam sem condições de segurança pois estavam lisos/carecas. Devido a esses fatores, somado ao fato de estar numa descida (declive), o ônibus não tinha condições para realizar a frenagem”, informou a PRF.

Sobre a informação da PRF em relação a situação do ônibus, o prefeito de São Gonçalo do Gurguéia, Paulo Lustosa, informou ao Cidadeverde.com que não iria se manifestar.

Estado de saúde das vítimas

Com o acidente, 4 crianças e uma mãe chegaram a ficar internadas no Hospital Regional de Corrente, mas segundo o prefeito Paulo Lustosa, eles já foram liberados.

Já o motorista do ônibus foi encaminhado para o Hospital de Floriano, passou por cirurgia e seu estado de saúde é considerado estável.

Não informações sobre o estado de saúde do motorista do caminhão, de 51 anos, e dos dois idosos, de 80 e 72 anos, que estavam na caminhonete.

 

Bárbara Rodrigues
[email protected]

Imprimir