Cidadeverde.com
Política

Prefeito de Parnaguá deixa o PP e se filia ao PT, que projeta adesão de outros gestores municipais

Imprimir

Foto: Cidadeverde.com

O Partido dos Trabalhadores (PT) filiou no final da manhã desta quinta-feira (28) de um prefeito e uma vice-prefeita aos quadros petistas. O evento contou com a presença do pré-candidato Rafael Fonteles (PT) e dos deputados Fábio Abreu (PSD) e Firmino Paulo (PT). 

O prefeito de Parnagua, Jondson Castro, deixou o Progressistas, principal adversário político da base governista nestas eleições.

Rafael Fonteles pré-candidato petista ao governo, comemorou a adesão e avaliou que este é um movimento que tem se intensificado no estado. A projeção do PT é de alcançar até 40 prefeitos nas próximas semanas. 

“É um verdadeiro movimento que está acontecendo de lideranças se filiando a partidos da base aliada, ao time da esperança, de Lula Wellington e Rafael. Não só de prefeitos, mas de vices, vereadores e lideranças que querem estar conectados com o povo. A gente realmente enxerga um fortalecimento desse movimento a favor do time do Brasil, da esperança”, destacou. 

A vice-prefeita de Itaueiras, Amanda Campos, liderança ligada à Firmino Paulo, também se filiou ao PT. A gestora estava no MDB e decidiu sair da sigla após o prefeito do município sinalizar que apoiaria o pré-candidato Sílvio Mendes (União Brasil). 

“Acabei chegar no partido há alguns meses e agora Amanda Campos também está somando conosco no Partido dos Trabalhadores, especificamente, no município de Itaueiras”, destacou o deputado Firmino Paulo.

Alemão destacou o alinhamento político com os deputados Fábio Abreu, Fábio Novo e Henrique Pires (MDB). Ele destacou que decidiu migrar para o PT, não por ser contrário as outras siglas, mas devido à essa aliança com os parlamentares. 

“Por motivos de afinidade com meus deputados, resolvi ficar no PT. Não tenho nada contra os outros partidos, não é nada pessoal, o que eu quero é apenas é que a gente consiga dar continuidade ao que estamos fazendo […] Não é questão pessoal, é questão de trabalho e para ter trabalho preciso estar do lado dos deputados que me ajudam”, frisou.

Flash Paula Sampaio
[email protected]

Imprimir