Cidadeverde.com
Esporte

Flamengo inicia maratona longe do Maracanã em momento de calendário cheio

Imprimir

Após o início de ano sem tantos deslocamentos, o Flamengo colocou o pé na estrada esta semana e começa a disputar paralelamente as três competições que ainda estão em jogo.

Foto - Flamengo - Divulgação

Nesta quinta-feira (28), a equipe venceu a Universidad Católica (CHI) por 3 a 2 pela Copa Libertadores. Agora, o time volta sua atenção à estreia na Copa do Brasil e vai ao estádio Albertão, no Piauí, encarar o Altos-PI, neste domingo (1º), a partir das 18h.

Por conta do plantio da grama de inverno, o Maracanã ficará uns dias fechado e só volta a receber uma partida em 17 de maio, quando o time rubro-negro encara a Universidad Católica (CHI).

Na sequência longe de casa, os rubro-negros, além da partida contra a equipe chilena, terão compromissos como visitantes contra a equipe piauiense, pela Copa do Brasil, o Talleres-ARG, pela Libertadores, e o Ceará, pelo Campeonato Brasileiro.

Mandante no clássico diante do Botafogo, marcado para 8 de maio, o clube rubro-negro tentam inverter os mandos para eliminar novo deslocamento da agenda. Se houver concordância do Botafogo e da CBF, o jogo passa para o Nilton Santos. Em caso de desacerto, malas prontas para uma nova viagem.

O Flamengo vinha de uma boa sequência de jogos que foi interrompida pela derrota para o Athletico-PR. Além do revés, a má atuação acendeu o sinal de alerta na Gávea para que o embalo fosse retomado já em Santiago.

Após conseguir a vitória no San Carlos de Apoquindo, o time busca repetir o sucesso na estreia na Copa do Brasil.

RETORNO DA DUPLA BRUNO HENRIQUE E GABIGOL

A tão sonhada atuação desejada pela torcida do Flamengo em Santiago. O Flamengo, porém, voltou a mostrar uma arma letal para lá de conhecida por seus torcedores: Bruno Henrique e Gabigol.

O primeiro deu duas assistências ao companheiro de ataque em apenas 34 minutos da vitória suada por 3 a 2 contra a Universidad Católica.

Com o resultado, o Flamengo manteve os 100% de aproveitamento no Grupo H da Libertadores e encaminhou sua vaga para as oitavas de final.

A dupla de ataque rubro-negra ampliou sua marca e deixou ainda mais evidente o seu protagonismo em uma noite de muitas falhas defensivas ante uma equipe em crise.

Pela 15ª vez, Gabi marcou após um passe de Bruno, que voltou ao time após uma tendinopatia no joelho e mostrou novamente seu lado garçom. Ao todo, o goleador já soma 118 gols pelo clube e ocupa a 15ª colocação na tabela de maiores artilheiros do clube.

No primeiro gol, logo aos sete minutos, Bruno Henrique escapou pela esquerda e serviu Gabigol, que tocou na saída do goleiro. Dali a 27 minutos, o filme se repetiu.

O camisa 27 recebeu de Arrascaeta e avançou pelo lado esquerdo. Depois de invadir a área, Bruno Henrique cruzou na medida para a dupla de ataque.

Para a partida deste domingo, o time carioca não poderá contar com o zagueiro Fabrício Bruno e os atacantes Vitinho e Matheus França, que continuam no departamento médico do time.

O zagueiro David Luiz, dispensado do jogo contra Universidad Católica para resolver problemas familiares, é dúvida na escalação. 

O lateral Ayrton Lucas e o zagueiro Rodrigo Caio, em recuperação física até então, podem ser relacionados. Tendo em vista a partida contra o Talleres, da Argentina, na quarta-feira (4), pela Libertadores, Paulo Sousa pode ir a campo com um time misto, poupando alguns titulares.

O Altos-PI, por sua vez, faz sua primeira partida sob comando do técnico Francisco Diá, e tenta se recuperar da sequência de duas derrotas, ambas pela Série C do Campeonato Brasileiro. O time deve ver o retorno do lateral-direito Julio Ferrari, recuperado de lesão no joelho. 

O meia Marcos Aurélio, o lateral-esquerdo Danilo Silva, o zagueiro Fábio Aguiar e o volante Anderson Braz, contratações recentes, já foram regularizados e estão à disposição da comissão técnica.

Por outro lado, o zagueiro Del'Almore e o volante Ray se recuperam de lesões, e podem desfalcar o time piauiense.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir