Cidadeverde.com
Esporte

O Fluminense-PI perdeu o jogo, mas é o Campeão Piauiense de 2022

Imprimir

O jogo deste sábado (30) no Estádio Lindolfo Monteiro para decidir o Campeonato Piauiense de 2022 entre Fluminense e Parnahyba foi parecido com o primeiro, disputado no Estádio Pedro Alelaf. 

Fotos - Renato Andrade - Cidadeverde.com

Lá o Fluminense venceu por 1 x 0, gol de Tiaguinho em cobrança de falta,  e a  disputa foi igual com possibilidades para os dois lados. Uma falta decidiu a parada. Aqui o vencedor foi o Parnahyba e também pelo placar de 1 x 0, gol de Isac nos acréscimos do primeiro tempo.

Novamente tivemos uma disputa equilibrada, com chances de gols para os dois. O Fluminense chegou a botar uma bola na trave em chute de Tiaguinho e no finalzinho quase empatou, com a bola saindo “queimando” a trave do goleiro Cris.

Antes, porém, os parnaibanos criaram oportunidades, notadamente na primeira fase.

No final o Parnahyba mostrou que realmente teve uma recuperação brilhante no Campeonato Piauiense e que na hora da decisão estava em pé de igualdade com o seu adversário.

No jogo do Lindolfo Monteiro as duas defesas prevaleceram, bloqueando bem as tentativas dos atacantes, notadamente Isac e Mário Sérgio.

Com as alterações feitas pelos dois técnicos no segundo tempo, o Fluminense apresentou maior crescimento, porém Gilmar Bahia e seus companheiros estavam firmes na marcação.  

Eduardo entrou no segundo tempo, porém jogou poucos minutos. Voltou a sentir problemas físicos e foi substituído.

Ficha Técnica de Fluminense 1 x 0 Parnahyba:

Local – Estádio Lindolfo Monteiro.

Público – não informado, mas foi bom e muito participativo. O Fluminense ofereceu boas atrações para o público e os parnaibanos voltaram a oferecer um espetáculo bonito, repetindo o que tivemos nos jogos anteriores.

Gol – Isac aos 47 minutos do primeiro tempo.

Fluminense – Nícolas; Gean, Ramon, Michel e Tiaguinho (Lucão); Mazinho, Sapé, Janeudo (Valdir) e William Salvino (Bismarck); Mário Sérgio e Tarcisío(Eduardo, mais tarde Júnior Prego). Técnico – Marcelo Vilar.

Parnahyba – Cris; Felipe Pacajus, Alex Maranhão, Gilmar Bahia e Elvis; Dedê (Lussandro), Jeff Silva, Paulinho ( Sukita) e Rafael; Alan (Kakin) e Isac. Técnico – Pedro Manta, realizando um bom trabalho no time parnaibano.

Árbitro – Antônio Dib Moraes de Sousa.
Assistente 1 – Márcio Iglésias Araújo Silva.
Assistente 2 -  Janystony Rabelo de Melo.
4º árbitro – Antônio Francisco Cordeiro de Paula.
5º árbitro – Francisco Railton Araújo Sousa.
Analista de campo – José Valmir dos Santos Xavier.

Parabéns aos dirigentes e jogadores do Fluminense, liderados pelo empresário João Vicente Claudino, pela conquista do título de campeão. Em 2023 o tricolor estará na Série D do Brasileiro, na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste.

O Parnahyba também merece cumprimentos pela reação sensacional no Campeonato e pelo desempenho brilhante nas finais com o Fluminense.

Em 2023 o Tubarão do Litoral estará na Série D e na Copa do Brasil.

Dídimo de Castro
[email protected]

Imprimir