Cidadeverde.com
Geral

Internos do sistema penitenciário iniciam trabalho de combate à dengue

Imprimir

Foto: Ccom

Cerca de 40 internos do regime semiaberto iniciaram, nesta segunda-feira (02), um mutirão de limpeza como forma de combate à dengue na capital piauiense. O trabalho ocorre em parceria entre Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) e a Prefeitura de Teresina. A ação iniciou na Escola Municipal Roberto Cerqueira Dantas, localizada no bairro Monte Alegre, zona Norte da cidade.

De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Edmilson Ferreira, os internos auxiliarão na limpeza de escolas, ruas e prédios públicos, com o intuito de eliminar os focos do mosquito.

“Começamos ontem e já estamos ampliando para outras escolas. Estamos contando com a parceria do Exército Brasileiro e também da Secretaria de Justiça que nos disponibilizou essa mão de obra que irá ajudar no combate aos focos de dengue. É uma ação muito importante porque nós estamos contribuindo com a ressocialização dessas pessoas que precisam retomar suas atividades sociais. Além disso, eles estão sendo beneficiados para a cada um dia trabalhado, três dias são reduzidos na pena”, completa.

O secretário de Estado da Justiça, Carlos Edilson, ressalta que o grupo de reeducandos pode chegar a 300 e que, dentro das residências, o trabalho será feito pelos agentes de saúde, Consórcio Teresina Ambiental (CTA) e Exército.

“São internos do regime semiaberto e que já têm o costume de sair da unidade penal para trabalhar e retornar no final do dia. Estes internos estão aptos e qualificados para esta prática de trabalho. Eles estão agora colaborando com a nossa sociedade no combate à proliferação da doença”, disse.

Após a limpeza da Escola Municipal Roberto Cerqueira Dantas, os reeducandos devem seguir para o Cmei Professora Zélia Calixto, também no bairro Monte Alegre. Os próximos centros de educação serão definidos pela Fundação de Saúde, juntamente com o Centro de Zoonoses.

Da Redação
[email protected]

Imprimir