Cidadeverde.com
Esporte

Flamengo volta a sofrer gol contra, mas busca empate com o Talleres na Argentina

Imprimir

O Flamengo ficou duas vezes em desvantagem no placar nesta quarta-feira, em Córdoba, mas conseguiu arrancar um empate por 2 a 2 com o Talleres, em jogo válido pela quarta rodada do Grupo H da Libertadores. 

Foto: Marcelo Cortes / CRF

Depois de gols contra de Isla e Pablo na vitória por 3 a 2 sobre a Universidad Católica, foi a vez de Arão fazer o mesmo nesta noite, na qual os gols a favor foram anotados por Arrascaeta e Pedro. Michael Santos marcou o outro gol do adversário.

O resultado mantém o Flamengo na liderança, agora com dez pontos, três a mais que o Talleres, segundo da chave, com sete.

A confirmação da classificação pode vir nesta madrugada, quando a Católica enfrenta o Sporting Cristal, no Nacional de Lima. O time chileno precisa perder para a vaga flamenguista nas oitavas ficar garantida matematicamente.

Em campo, o Flamengo explorou bastante o lado esquerdo do ataque para tentar emplacar lances de perigo com Arrascaeta e Bruno Henrique, que conseguiam acelerar as jogadas e se aproximavam da área, porém sem o brilho habitual na hora do último passe. 

Do outro lado, o Talleres apostou na bola área e conseguiu vencer a defesa flamenguista em algumas oportunidades, a melhor delas em um cabeceio de Catalán defendido por Santos.

O sistema defensivo carioca, aliás, teve uma baixa ainda aos 12 minutos, pois o zagueiro Pablo sentiu dores e foi substituído por Andreas Pereira. Com isso, Arão saiu da contenção do meio de campo para a defesa, posicionamento que rendeu um péssimo momento ao volante. 

Aos 34, ele se precipitou ao tentar cortar uma bola cruzada na área, sem nenhum jogador do Talleres bem posicionado para recebê-la, e soltou um carrinho ansioso encerrado em gol contra.

Depois de sofrer dificuldades para reagir na etapa inicial, o Flamengo conseguiu o empate logo no começo do segundo tempo, aos quatro minutos, quando Arrascaeta recebeu de Isla e acertou um lindo chute de fora da área.

Apenas sete minutos depois, contudo, Michael Santos aproveitou passe de Godoy, saiu na cara do gol e colocou o Talleres novamente em vantagem.

Preocupado com o que via em campo, Paulo Sousa decidiu colocar Lázaro e Pedro nos lugares de Everton Ribeiro e Gomes.

No minuto seguinte, Pedro foi servido por uma bola de camisa dez enfiada pelo seu concorrente Gabigol, dominou já invadindo a área e deu um toque sutil na saída do goleiro Herrera para colocar o 2 a 2 no placar.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir