Cidadeverde.com
Vida Saudável

Confira 4 mitos e verdades sobre a aplicação do popular 'botox'

Imprimir


Foto: Folhapress




A toxina botulínica pode ser usada para reduzir o suor excessivo, dor de cabeça e até o ranger dos dentes, conhecido como bruxismo. No entanto, o produto ficou mesmo conhecido por retardar os sinais do envelhecimento da pele, amenizando e prevenindo o aparecimento das rugas.

Entre mitos e verdades, confira dicas que vão esclarecer as principais dúvidas sobre o popular “botox”. 


Aplicação de botox dói?

Mito. Para quem tem medo de agulha, a ideia de sentar na cadeira do consultório para o tratamento com a toxina botulínica parece assustadora. No entanto, apesar das picadas, o procedimento é praticamente indolor. Não é mágica, a aplicação é rápida e realizada com agulhas muito finas, do tipo utilizadas para insulina. Ainda assim, para os mais sensíveis, sempre é possível utilizar uma pomada anestésica local e um pouco de gelo.  


Começar as aplicações antes dos 30?

Verdade. Não é preciso esperar as primeiras rugas aparecerem para começar a fazer uso da toxina botulínica. A partir de uma avaliação profissional, é possível realizar a aplicação preventiva. “A toxina botulínica pode ser feita em qualquer idade adulta, desde que se tenha esclarecida a expectativa e o resultado para cada faixa etária e paciente”, explica o especialista Rafael Mansilla. 


O paciente pode ficar sem expressão facial?

Verdade. Quando realizada por profissionais sem capacitação, a toxina botulínica pode deixar um resultado artificial no rosto. Por isso, é muito importante escolher profissionais sérios e clínicas com um protocolo de aplicação reconhecido e o uso de insumos aprovados pelas autoridades sanitárias. E este cuidado não significa pagar a mais, já que a Botocenter, por exemplo, conta com procedimentos com custo-benefício e parcelamento em até 6X. 


O resultado dura eternamente?

Mito. O botox é mais eficaz nas partes em que há intensa atividade muscular, com formação de linhas de expressão, como na testa, espaço entre as sobrancelhas (glabela) e na região onde se formam os famosos “pés de galinha”. No entanto, é necessário fazer a manutenção a cada quatro meses. Após esse período, as marcas de expressão voltam a aparecer gradativamente.

 

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir