Cidadeverde.com
Política

“Precisa ter calma”, afirma Enzo Samuel após empresários pedirem reajuste da passagem

Imprimir

Foto: Paula Sampaio/ Cidade Verde

O líder do prefeito Dr. Pessoa (Republicanos) na Câmara, o vereador Enzo Samuel (PDT), comentou nesta sexta-feira (13) sobre a solicitação de empresários para que a tarifa da passagem seja reajustada para R$ 8 e pediu calma. 

Para o vereador, é preciso analisar a necessidade de um reajuste com capacidade técnica. Ele também cobrou que o anúncio foi feito sem que a estimativa passasse por um debate com os vereadores e com a população. 

“Primeiro, acredito que precisa ter calma. É preciso analisar com capacidade técnica. Não é justo que a população tenha sofrido durante os últimos anos e os empresários queiram jogar, sem discutir o reajuste com a população e com a Câmara. 

Enzo Samuel explicou que o Conselho Municipal de Transporte vai deliberar sobre a possibilidade da passagem ser reajustada. O grupo é formado por membros da Prefeitura de Teresina, lideranças de bairros, pais, estudantes e usuários do transporte. 

O Conselho será o responsável por repassar um indicativo ao prefeito Dr. Pessoa sobre a aprovação ou não do aumento. 

O vereador pontuou que essa decisão caberá aos conselheiros e ao executivo, mas, defendeu que busquem um equilíbrio. 

“Diante da precariedade é preciso discutir mais com mais calma, buscando sempre o equilíbrio de um serviço que seja de qualidade para a população, mas que não seja um serviço que venha a explorar financeiramente o usuário”, destacou. 

Enzo Samuel ainda avaliou que Dr. Pessoa tem “jogado duro” com os empresários do transporte público e disse que a administração municipal tem buscado uma solução para os problemas do serviço em Teresina. 

“O prefeito tem jogado duro, principalmente com os empresários, para garantir um transporte de qualidade para a população de Teresina. Não é fácil, é um problema que existe em todas as capitais que tem que ser enfrentando, mas vamos buscar uma resposta”, disse.

 

Paula Sampaio
[email protected]

Imprimir