Cidadeverde.com
Geral

Corpo do médico que morreu em voo internacional chega a Teresina neste sábado

Imprimir

Foto: Arquivo Pessoal

Atualizada às 10h30

O corpo do médico Glauto Tuquarre Melo, de 49 anos, que morreu dentro de um avião quando viajava em lua de mel com a esposa, chegou a Teresina na madrugada deste sábado (14). O velório aconteceu às 6h na funerária Pax União, na Avenida Miguel Rosa, e permaneceu lá por 5 horas. O enterro estava previsto para às 11h no Cemitério São José, localizado na zona Norte da capital.

Glauto morreu na madrugada no dia 25 de abril. Ele havia se casado dois dias antes e fazia uma viagem internacional para as Ilhas Maldivas, no Oceano Índico. Ele sentiu dores no peito, foi socorrido por dois médicos que estavam no avião, mas não resistiu e morreu, com suspeita de infarto fulminante. 

O médico era casado com a publicitária Lícia Dutra, que utilizou as redes sociais para prestar homenagem ao marido quando a morte dele completou 7 dias.

Na postagem, ela relatou a emoção de ler a última mensagem deixada por ele e destacou características do médico que era conhecido por amigos pela forma humana que exercia a medicina.   

“Queria ter respondido aquela mensagem a tempo, só para dizer que eu fui muito feliz ao seu lado. Obrigado por tudo. Eu também te amo!”, escreveu Dutra ao se referir a última mensagem que Glauto Tuquarre Melo enviou antes de morrer. 

Na homenagem, Lícia destacou o quanto o marido gostava de gente, estar perto de familiares e amigos e reunir todo mundo em sua casa.”Para reunir todo mundo, não precisava motivo, bastava a ocasião, uma garrafa de vinho e uma cerveja gelada. Quantas histórias você contava nos fazendo rir”, relembrou a viúva. 

A publicitária ressaltou também a capacidade de Glauto em conseguir arrancar sorrisos de pacientes, mesmo após um diagnóstico de câncer. Fazendo com que as lágrimas perdessem lugar para o sorriso. 

O corpo de Glauto Tuquarre estava em Doha, capital do Catar.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir