Cidadeverde.com
Geral

Caso Tainah: morte de filha de jornalista tem característica de feminicídio

Imprimir

Foto: Arquivo Pessoal 

A delegada Nathalia Sampaio de Figueiredo, da Delegacia de Feminicídio do Piauí, investiga a morte da analista de sistema, Tainah Luz Brasil Rocha, de 27 anos. Ao Cidadeverde.com, o coordenador do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o Baretta, disse que a vítima foi encontrada ensanguentada por vizinhos, que ouviram gritos de socorro no momento do crime. 

Segundo o delegado Baretta, Tainah Rocha pediu ao irmão que a deixasse na casa da ex, localizada no bairro Mocambinho, zona Norte de Teresina. Lá, ainda segundo o delegado, havia uma terceira pessoa. 

"E essa pessoa mantinha um outro relacionamento com a ex da vítima. Houve um desentendimento e os vizinhos ouviram durante a noite brigas, discussões, gritos de socorro e gemidos. Logo depois viram a moça no portão totalmente ensanguetada", destacou Baretta. 

A atual namorada da ex de Tainah chegou a ser presa em flagrante após ter confessado que desferiu diversos golpes de faca contra a vítima após a discussão na residência. A suspeita foi solta momentos depois por ser réu primária e não possuir antecedentes criminais. Até o momento da prisão, o crime estava sendo investigado como lesão corporal grave. 

Com a morte de Tainah, o caso passou a ser investigado pelo DHPP, através da Delegacia de Feminicídio, onde será verificado se há a qualificadora de feminicídio. 

"A investigação está prosseguindo e vamos definir ainda sobre a natureza do crime em si, se foi uma lesão corporal seguida de morte ou um homicídio propriamente dito", acrescentou Baretta. 

O delegado explicou que a motivação para o crime ainda está sendo apurada. "Havia toda uma relação homoafetiva, estamos investigando. A delegada já recebeu o procedimento e já está fazendo todas as providências necessárias, inclusive ontem ouviu algumas pessoas e hoje vai dar continuidade a essa oitiva das pessoas, para que no final possa esclarecer, para saber o porquê dessa moça foi esfaqueada e a motivação", explicou.

O crime 

Tainah Luz Brasil Rocha morreu nesta segunda-feira (16) após ser esfaqueada no último sábado (14. Tainah é filha do primeiro casamento do jornalista Marcelo Rocha, proprietário do site Parlamento Piauí. Ela morava em Curitiba e estava em Teresina visitando a família.

Marcelo Rocha contou que a filha estava na casa de uma colega de nome Fernanda Aires, houve uma discussão e ela foi golpeada com sete facadas. 

“O que estamos sabendo é que por volta de 2h30, 3h da madrugada, houve uma discussão, bate-boca, e foram ouvidos gritos. A Tainah foi vista caminhando no terraço da casa sangrando e pedindo socorro. Ela foi levada para o HUT (Hospital de Urgência de Teresina) e veio a óbito hoje”, contou o pai.

 

Nataniel Lima
[email protected] 

Imprimir