Cidadeverde.com
Política

Marcelo Castro rebate Bolsonaro e defende urnas eletrônicas

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com 

O senador Marcelo Castro (MDB) comentou nesta segunda-feira (23) as críticas que são feitas pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) às urnas eletrônicas usadas no processo eleitoral do Brasil. 

Recentemente, em uma live nas redes sociais, Bolsonaro afirmou que a urna eletrônica é violável, ou seja, suscetível a fraudes. Em momentos de discurso mais elevado, o presidente chegou a falar na possibilidade de realizar uma auditoria em um eventual resultado das eleições de ano. 

Para Marcelo Castro, a possibilidade de fraudes no sistema eleitoral é uma realidade que existe somente no imaginário de Bolsonaro e aliados que, segundo o senador, seguem o discurso para agradá-lo. 

“Isso é algo que só existe na cabeça do presidente e de seus apoiadores para agradá-lo. Não tem o menor fundamento. Em 25 anos de urna eletrônica, nunca houve nenhuma comprovação de fraude, por mínima que fosse. Nunca houve. Nenhum denúncia consistente de fraude eleitoral”, disse. 

O senador ainda defendeu o sistema eleitoral brasileiro, pontuando que este é um dos mais confiáveis em todos o mundo. 

“As urnas eletrônicas trouxeram tranquilidade, pacificou, trouxe segurança para a classe política de que o resultado é o autêntico. Talvez no mundo inteiro não haja um sistema eleitoral tão seguro e eficiente quanto o nosso”, frisou.

 

Flash Paula Sampaio
[email protected] 

 

Imprimir