Cidadeverde.com
Últimas

Greve dos professores dura 92 dias e novo manifesto é realizado em Picos

Imprimir

Fotos: TV Cidade Verde Picos

Na manhã desta terça-feira (24), em Picos, professores da Rede Estadual de Ensino realizaram mais um manifesto reivindicando o reajuste salarial da categoria. Os trabalhadores já estão em greve há 92 dias.

O ato organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado do Piauí (Sinte-PI) Regional de Picos contou com uma concentração em frente à sede da entidade. Do local, os professores saíram percorrendo as ruas de Picos com destino à passarela, onde fixaram cartazes.

A presidente do Sinte Regional de Picos, Gisele Dantas, comentou sobre o decreto estadual que estabelece a volta dos professores para sala de aula. Segundo ela, se trata de manobra autoritária, porém a categoria seguirá firme na greve.

“É uma tentativa frustrada da SEDUC, de pressionar e dizer que está encerrando uma greve. Todos nós sabemos, greve é iniciada e concluída em Assembleia.  Quem decide pela finalização é a categoria. Esse calendário deve ser organizado após a finalização da greve”, pontuou a presidente do Sinte Regional de Picos.

Presidente do Sinte - Gisele Dantas

Professora há 20 anos, Joenice Silva, destacou que as manifestações são importantes para que a sociedade tome conhecimento da realidade do trabalho dos educadores no PI.

“Essas manifestações são importantes para mostrar à sociedade o que está acontecendo com os professores. As vezes, a sociedade não compreende a nossa causa. Precisamos mostrar para eles que estamos sendo injustiçados, o reajuste do piso que é Lei não está sendo cumprido desde 2019”, frisou.

Professora Joenice Silva

Na próxima quinta-feira (26) será realizada uma Assembleia Geral para avaliação do movimento grevista. 

Em Picos, 80% dos professores aderiram ao movimento grevista. Algumas escolas do município e região estão funcionando de forma parcial, apenas seletistas.

 

Paula Monize
[email protected]

Imprimir