Cidadeverde.com
Cidades

Justiça acata denúncia e policial se torna réu pela morte de duas pessoas em Teresina

Imprimir

Foto: Arquivo/Cidadeverde.com 

A juíza Maria Zilnar Coutinho Leal, da 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri de Teresina, acatou a denúncia contra o policial militar Manoel de Jesus Fernandes Sousa, por um duplo homicídio em um bar localizado no bairro Alto da Ressurreição, na zona Sudeste da capital, no último mês de fevereiro. 

Na denúncia, oferecida pelo Ministério Público do Piauí, o acusado responderá tanto pela autoria do duplo homicídio qualificado consumado praticado contra Antônio Bernadino de Oliveira e Deusimar Gomes Ciqueira, como pela tentativa de homicídio qualificado contra outras duas pessoas.

Após se tornar réu, o militar foi advertido que não poderá mudar de residência ou se ausentar dela sem comunicar o novo endereço à Justiça, sob o risco dos atos processuais serem realizados sem a sua presença. 

O caso

O crime ocorreu após o policial e um homem começarem uma discussão em um bar localizado na rua Alcira Ribeiro Carvalho. Durante a briga, o militar sacou uma arma e fez disparos de arma de fogo.

Os dois homens morreram no local e outro ficou ferido. Após o crime, o policial foi preso.

Em nota, a assessoria de comunicação da PM afirmou que o policial foi encaminhado para a Central de Flagrantes e autuado pelo duplo homicídio. Ele também foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) onde fez um exame de corpo e delito, e depois foi conduzido para o presídio militar.

“O policial militar irá responder às acusações que lhe são imputadas tanto na esfera administrativa como na esfera criminal. Na esfera administrativa em procedimento instaurado pela Corregedoria da PM denominado Conselho de Disciplina e na esfera criminal, na justiça comum do Estado do Piauí”, informou a PM.    

Breno Moreno
[email protected]     

Imprimir