Cidadeverde.com
Esporte

FFP negocia para trazer jogo do Vasco da Gama pela Série B para o Piauí

Imprimir

Após o ‘boom’ do jogo entre Altos x Flamengo no último dia 1° de maio pela Copa do Brasil, em Teresina. A Federação de Futebol do Piauí (FFP) se mexe para tentar trazer outro grande clube do cenário brasileiro para a capital. De acordo com presidente, Brown, existem conversas para tentar trazer um jogo do Vasco da Gama, pela Série B do Brasileiro para o Albertão esse ano. 

“Existe sim a possibilidade. Eu estou indo para o Rio de Janeiro novamente a próxima semana e voltarei a conversar sobre o assunto com o CBF e também o vice-presidente e presidente do Vasco, nós abrimos os olhos quanto a essa possibilidade após todo o cenário em torno do jogo do Flamengo, a movimentação do torcedor e da cidade em si”, disse Robert Brown, presidente da FFP. 

De acordo com o presidente da Federação de Futebol do Piauí (FFP), Robert Brown, a intenção de ‘comprar’ um ou até mesmo dois jogos do Vasco não é diretamente da entidade e sim de um grupo de empresários local, mas existem uma série de questões burocráticas que dificultam isso e por isso a FFP entra como uma espécie de intermediador. 

“Envolve a questão por exemplo de socio torcedor, pois existem as vendas encaixadas nos jogos na cidade. O próprio adversário para decidir se de alguma forma não será prejudicado ou o próprio Vasco mais beneficiado. A questão é que estamos tentando isso sim, o jogo do Vasco é o desejo, olhamos também o Cruzeiro, mas o Vasco é melhor por conta de torcida”, explicou Brown. 

É importante ressaltar que existe uma regra recente quando o assunto é Campeonato Brasileiro, do ano de 2020, que exige uma série de questões para que essa mudança no mando de campo seja aceita. 

Art. 22 - O mando de campo das partidas deverá ser exercido no limite da jurisdição da Federação a que pertença o clube mandante, devendo cada clube informar à DCO, [Diretoria de Competições] antes do início do CAMPEONATO, o estádio por este indicado, situado na cidade onde o clube tenha sua sede permanente.

Parágrafo único - O clube que queira deslocar partidas para outras praças deverá, com 30 (trinta) dias de antecedência, demonstrar que, de maneira nenhuma, esta prática representa: (i) prejuízo ao equilíbrio técnico da competição; (ii) prevalência do interesse econômico particular do clube, em detrimento dos aspectos técnicos da competição; (iii) prejuízo da presença dos torcedores do clube mandante no estádio escolhido; (iv) privilégio de qualquer natureza em favor do clube adversário, como inversão ou comercialização do mando de campo; entre outros aspectos a serem avaliados pela DCO. (Diretoria de competições). 

Dentro do Brasileiro Série A, recentemente houve uma troca de mando de campo, partida entre Flamengo x Botafogo, mas no caso foi porque o gramado do Maracanã passava por reformas e jogar no Engenhão se tornaria inversão do mando de campo. Brasília recebe jogos do Flamengo com certa frequencia e sempre com grande público o que entra na regra de não dar prejuízo a presença dos torcedores, por exemplo. 

Foto: Daniel Ramalho/Vasco

A partir da 17ª rodada do Brasileiro Série B os jogos estão a definir. O Vasco da Gama ainda tem mais 10 jogos como mandante até fechar as 38 rodadas da competição nacional. 

Não faz muito tempo que o clube carioca esteve em solo piauiense. O Vasco enfrentou o Altos no ano de 2020 também pela Copa do Brasil, o jogo que terminou 1 a 1 deu a classificação até a próxima fase para os visitantes. Na época, a partida teve uma excelente presença de publico no Gigante da Redenção. 

 

 

Pâmella Maranhão
[email protected]

Imprimir