Cidadeverde.com
Política

Ministros inauguram duplicação na BR-316 em Teresina: "Dívida histórica com o estado"

Imprimir
  • 7.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • 5.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • 4.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • 3.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • 2.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • 1.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • DUPLICAÇÃO_BR_316_(7).jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • DUPLICAÇÃO_BR_316_(6).jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • DUPLICAÇÃO_BR_316_(5).jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • DUPLICAÇÃO_BR_316_(4).jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • DUPLICAÇÃO_BR_316_(3).jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • DUPLICAÇÃO_BR_316_(2).jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • DUPLICAÇÃO_BR_316_(1).jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com

O ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira e o ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, inauguraram nesta segunda-feira (06) a duplicação BR-316, entre Teresina e Demerval Lobão. 

Segundo Marcelo Sampaio, a conclusão do trecho da obra foi resultado de uma parceria do presidente Jair  Bolsonaro (PL) com a bancada federal do Piauí. Ele falou que o objetivo do presidente foi o de “sanar uma dívida histórica” do governo federal com o estado, uma vez que Teresina era a única capital no Brasil sem acesso duplicado. 

Segundo ele, a ação representou um investimento de R$ 73 milhões. O próximo passo agora é fazer mais 10 km até o final do ano. O ministro ainda anunciou mais obras que estão previstas para acontecerem neste ano, acrescentou que o objetivo é concluir obras que estavam inacabadas em gestões passadas. 

“Estamos trabalhando junto com o ministro para que possamos fechar a terceira faixa em Picos, para que possamos ajustar a travessia. Estamos trabalhando também para garantir fluir o agronegócio no Sul do estado. Esforço nosso é para que o estado possa continuar na rota do progresso, desenvolvendo, para que a gente possa desenvolver o frete e continuar a rota do progresso. Demos a ordem de serviço. O Piauí tem sido olhado com atenção pelo presidente Jair Bolsonaro. Demos ordem de serviço para o rebaixamento da Ladeira do Uruguai e o Mercado do peixe vamos entregar em agosto até o começo de setembro”, destacou. 

O ministro Ciro Nogueira também comentou sobre a inauguração e disse que a obra corrige dívida histórica do governo federal com o Piauí. Ele relembrou que a obra chegou a ser estadualizada e classificou o episódio como um absurdo.

“Corrige uma dívida muito grande que o governo federal tem com o nosso estado. Essa obra chegou ao absurdo de ser estadualizada, mas com o trabalho do senador Elmano Ferrer pudemos retomar todas as grande obras. Vamos iniciar neste ano a ponte Tarso Fragoso para escoar a nossa produção, a nossa tão sonhada transnordestina. Nunca o governo federal investiu tanto em infraestrutura como o governo do presidente”, acrescentou. 

A solenidade contou também com a presença do senador Elmano Ferrer (Progressistas), da senadora Eliane Nogueira (Progressistas), do deputado federal Átila Lira e do pré-candidato Joel Rodrigues (Progressistas).


 

Flash Paula Sampaio 
[email protected]

Imprimir