Cidadeverde.com
Entretenimento

Youtuber Monark se arrepende de ter pedido desculpas em caso sobre nazismo

Imprimir

Foto: Reprodução 

O youtuber Bruno Aiub, o Monark, disse em entrevista ao podcast Cara a Tapa que se arrepende de ter pedido desculpas depois de dar uma opinião bastante polêmica a favor do nazismo no Flow Podcast. Na ocasião, ele disse que entendia ser o mais correto a criação de um partido nazista no Brasil e acabou fora do programa.

"Não foi inteligente da minha parte pedir desculpa. Acho que eu devia ter ficado quieto. O problema de quando você pede desculpa é que você valida a narrativa de que você fez o que estavam te imputando, mesmo que não fosse verdade", disse.

"Eu entendo que vacilei na forma como eu me expressei, porque estava bêbado e, do jeito que falei, era muito fácil de ser interpretado de outra forma", reforçou ele ao também lamentar que teriam havido cortes em que só apareceriam as falas a favor e não as que ele disse, por exemplo, que "todo nazismo é idiota"

"Eu não pedi desculpa pela minha ideia, pelo que penso. Ainda acredito na primeira emenda dos Estados Unidos, ainda acho que é uma excelente lei que rege sobre liberdade de expressão. Mas pedi desculpas pela forma como entreguei essa ideia para a população", declarou o youtuber que também aconselhou a quem falar algo polêmico a não se desculpar.

"Porque quando você mostra sangue para uma turma de tubarões raivosos do cancelamento, a única coisa que você vai fazer é aumentar o apetite deles."

 

Fonte: Folhapress

Imprimir