Cidadeverde.com
Picos

Diocese de Picos não realizará Caminhada da Solidariedade e da Paz em 2022

Imprimir

Foto: Divulgação/ Diocese de Picos

Um dos maiores eventos católicos promovidos pela Diocese de Picos, a Caminhada da Solidariedade e da Paz, não será realizada em 2022. A informação foi confirmada pelo coordenador do evento, o pároco da Paróquia de Padre Marcos, Pe. Marcos Roberto.

A caminhada teve a sua primeira edição em junho de 2004, reunindo a cada ano milhares de pessoas que caminhavam pelas ruas de Picos. A última edição foi realizada em junho de 2019, a XIV Caminhada, contando com a participação da comunidade religiosa de diversos municípios da região.

Com a flexibilização das medidas preventivas à Covid-19 existia a expectativa de que os tradicionais eventos com aglomeração fossem retomados. A Igreja Católica já havia dado um importante passo com a retorno das procissões na Semana Santa, onde os protocolos sanitários continuaram sendo adotados.

O coordenador da Caminhada da Solidariedade e da Paz, Pe. Marcos Roberto, explicou a motivação para a suspensão do evento nesse ano.

“A preparação para a Caminhada da Solidariedade e da Paz começa no início do ano. Em 2022, no início do ano ainda estava com registro de casos de Covid, então decidimos por aguardar as orientações em saúde. Quando houve a flexibilização já estava muito próximo para promover o evento que acontece em junho”, explicou o Pe. Marcos Roberto.

Diante da decisão, o evento será retomado no segundo domingo de junho em 2023.

A Diocese de Picos se mobiliza para participar este ano da Romaria da Terra e da Água, que acontecerá em Piripiri, e do Desfile Cívico de 07 de Setembro com o Grupo dos Excluídos.

 

Paula Monize
[email protected]

Imprimir