Cidadeverde.com
Política

Antônio José Lira fala em psicopatia e perseguição para tirá-lo da Câmara

Imprimir

Foto: Renato Andrade/ Cidade Verde

O vereador Antônio José Lira (Republicanos) afirmou nesta quarta-feira (22) estar sendo perseguido. O parlamentar avaliou que articulação que tem sido feita para retirá-lo da Câmara Municipal chegar a ser motivada por “psicopatia”. 

“Existe uma orquestração na cidade de Teresina, uma perseguição que chega a ser doentia, uma psicopatia em tirar o Antônio José Lira”, disse. 

Questionado sobre quem estaria por trás desta perseguição o vereador não destacou nomes e disse apenas que são “pessoas que não querem que o prefeito acerte”. 

O vereador, que recentemente foi nomeado como um “fiscal de obras” pelo prefeito Dr. Pessoa (Republicanos), ressaltou o trabalho que tem feito e deixou um recado. 

“Se eu sair perde a gestão, perde o prefeito e o parlamento”, disse. 

O suplente do PSD Júnior Macedo protocolou um requerimento para assumir o mandato e tem afirmado que vai acionar a justiça para ocupar a cadeira de Antônio José Lira. 

 

Paula Sampaio 
[email protected]

Imprimir