Cidadeverde.com
Entretenimento

Perseguidor viola ordem de restrição e invade casa de Ariana Grande

Imprimir

Crédito: FramePhoto

Aharon Brown, perseguidor de longa data de Ariana Grande, 29, foi preso novamente depois de invadir a casa da cantora em Montecito, na Califórnia, em seu aniversário de 29 anos, no domingo (26), de acordo com o TMZ. Ela não estava em casa no momento da invasão, mas o alarme soou e os policiais apareceram e prenderam Brown.

Brown já violou repedidas ordens de restrição da cantora no passado. Em setembro de 2021, ele foi preso depois de aparecer na casa da estrela pop em Los Angeles com uma grande faca de caça, gritando para a cantora e o segurança: "Eu vou matar você e ela".

O Page Six obteve documentos judiciais após o incidente de setembro no qual a cantora implorou ao Tribunal Superior de Los Angeles para conceder uma ordem de restrição contra Brown. Ela disse que estava com medo pela sua segurança e da minha família.

"Temo que, na ausência de uma ordem de restrição, o Sr. Brown continue a vir à minha casa e tente me machucar fisicamente ou assassinar a mim ou a membros da minha família", disse a cantora no tribunal.

Embora a ordem de restrição tenha sido concedida contra Brown, ele viajou no domingo para a casa de Ariana apenas dois dias antes por ter desobedecido a restrição para tentar se aproximar da estrela novamente.

Desta vez, ele foi preso acusado de perseguição, roubo, danos a linhas de energia, violação de ordem judicial e obstrução. Ele se declarou inocente.

 

Fonte: Folhapress

Imprimir