Cidadeverde.com
Entretenimento

Maitê Proença rebate acusações de lesbofobia após assumir namoro com Calcanhotto

Imprimir

 


Desde que disse que preferia que a namorada, a cantora Adriana Calcanhotto, fosse homem, a atriz Maitê Proença vem tendo de lidar com acusações de lesbofobia, que significa fobia às mulheres homossexuais e lésbicas. Porém, agora ela resolveu rebater quem a critica em vídeo pelas redes sociais.

"Apesar de preferir homens estou com uma mulher. Porque gosto dela. Se ela fosse homem seria mais fácil pra mim. Mas por gostar dela, topo fazer essa experiencia", começou.

De acordo com Maitê, não existe polêmica em torno dessa revelação e, se encarado com boa vontade, a declaração é até elogiosa à parceira. "Estar num relacionamento com uma mulher fala mais alto do que os que acusam sem ler e caçam polêmicas onde não há", encerrou.

Ambas estão juntas há cerca de um ano. Na declaração que causou alvoroço, à revista JP, Maitê disse: "Eu queria que ela [Adriana] fosse homem. Para essa atividade sempre gostei mais de homem. Mas ela é mulher, gosto dela e aceito isso. Sei que as feministas e os LGBTs não vão gostar do que acabei de dizer, mas, honestamente, é assim, entendeu? Posso experimentar algo diferente para estar com ela", afirmou.

 

Fonte: Folhapress

 

Imprimir