Cidadeverde.com
Picos

Audiência de acordo estabelece pagamento de indenização para vítimas de acidente na PI-245

Imprimir

Foto: Reprodução

Vítimas do acidente - Eliana e Izani

Na manhã desta quarta-feira (29) foi realizada na II Vara da Comarca de Picos, audiência de homologação do acordo de não persecução penal sobre o acidente que vitimou duas mulheres na PI-245, que interliga os municípios de São José do Piauí e Sussuapara. 

O fato ocorreu em 04 de setembro de 2021, onde as vítimas Eliana Rodrigues de Matos Rocha e Izani de Brito Barros (tia e sobrinha) vieram a óbito após terem a motocicleta que transitavam ser colhida por um carro de passeio conduzido por um músico.

Diante do acordo proposto pelo Ministério Público, confirmado na audiência, o músico investigado terá de pagar a título de indenização R$ 16.500,00 (dezesseis mil e quinhentos reais). O valor será dividido entre as famílias de Izani e Eliana.

Além do pagamento da indenização, o investigado dentro do período de um ano deverá participar de um curso de reciclagem junto ao Detran-PI e/ou auto Autoescola.

O Cidadeverde.com/picos esteve no Fórum de Picos e entrevistou o advogado de acusação, Júlio Cesar. O mesmo explicou que as famílias das vítimas ingressaram com outras duas ações cíveis buscando indenização por danos morais e materiais.

“As titulares da ação são a Dhayllany Rodrigues da Rocha, filha da vítima Eliana Rodrigues no valor de 621.200,00, a outra Irani de Brito Barros, irmã da vítima Izani de Brito Barros no valor de 121.200,00. Os familiares vêm sofrendo muito com a perda, e só desejam que a justiça seja feita”, disse o advogado.

Advogado Júlio Cesar

O acordo de não persecução é uma espécie de negócio jurídico pré-processual entre a acusação e o investigado. Buscou-se contato com a assessoria de defesa do investigado, mas não obtivemos êxito.

Paula Monize
[email protected]

Imprimir