Cidadeverde.com
Esporte

Fortaleza empata e decide fora vaga com o Estudiantes às quartas da Libertadores

Imprimir

Não foi a estreia que o Fortaleza esperava nas oitavas de finais da Copa Libertadores da América. Mesmo apoiado por sua torcida na Arena Castelão, apenas empatou com o Estudiantes-ARG, por 1 a 1, nesta quinta-feira à noite. 

Imagem: Staff Images / CONMEBOL

Agora vai ter que decidir a vaga às quartas na cidade de La Plata, na Argentina, na próxima quinta-feira (7). Quem vencer avança, porém, em caso de empate a definição vai para a disputa de pênaltis.

A coincidência é que os dois times priorizaram a disputa da Libertadores nesta temporada. O Fortaleza se classificou na fase de grupos como segundo colocado do Grupo F, com 11 pontos, mas é o lanterna do Campeonato Brasileiro. 

O Estudiantes foi líder do Grupo C, com 14 pontos, mas é o 14º colocado no Campeonato Argentino.

O time da casa se surpreendeu no início com o posicionamento tático dos argentinos. O Estudiantes defendia com cinco marcadores, porém, quando ia ao ataque usava a velocidade com quatro jogadores no meio-campo, dando apoio a dois atacantes.

A primeira boa chance foi argentina. Godoy dominou a bola na área e chutou forte, com Marcelo Boeck rebatendo e a defesa aliviando aos 23 minutos. Na sequência, Silvio Romero até balançou as redes, porém, estava impedido. Irregularidade marcada e confirmada pelo VAR.

Nos últimos dez minutos, o Fortaleza apareceu melhora, trocando passes no meio-campo e explorando as laterais para os cruzamentos. Aos 40 minutos, após várias disputas pelo alto, o zagueiro Marcelo Benevenuto deu uma bela virada no ar e a bola resvalou por trás das redes.

A melhor chance de gol ainda estava por vir. Aos 45 minutos, Moisés fez bela jogada individual, passando por dois adversários em velocidade, tirando outro no drible de corpo e passando pelo goleiro. 

Mesmo sem ângulo, ele bateu rasteiro e Zuqui apareceu de carrinho para salvar o gol quase em cima da linha.

Como fez no início do jogo, o Estudiantes fez a pressão na saída de bola do Fortaleza nos primeiros minutos do segundo tempo. Ironicamente levou o gol num contra-ataque puxado pela esquerda por Juninho Capixaba após lançamento de Marcelo Benevenuto. 

O Fortaleza chegou na linha da grande área no três contra um, com Capixaba sendo inteligente ao virar o jogo para o lado direito. Sílvio Romero dominou com a direita e bateu com a perna esquerda A bola ainda desviou em Noguera, tirou o goleiro da jogada e foi quicando para as redes.

Enfim, a torcida explodiu nas arquibancadas do Castelão, onde apareceu um mosaico com a seguinte frase: El Inferno a La Gloria A expectativa era para que os argentinos fossem mais ofensivos para tentar o empate. 

O gol de empate saiu rápido, aos 17 minutos. Do lado esquerdo, Más cruzou para trás e Leandro Díaz chutou de chapa no alto, deixando tudo igual.

Depois disso, o jogo ficou nervoso. Mesmo disputado palmo a palmo pelos dois times, ninguém criou chances reais para marcar e vencer.

 O empate, é claro, foi comemorado pelos argentinos, que vão decidir a vaga em casa. A torcida tricolor se decepcionou, sob o estigma do time ser o lanterna do Brasileirão

Antes de decidir a vaga na Argentina, o Fortaleza volta a atuar pelo Campeonato Brasileiro no domingo, quando enfrenta o Coritiba, na capital do Paraná, a partir das 16h, pela 15ª rodada. 

Na última rodada, o time cearense perdeu para o Atlético-MG, por 3 a 2, de virada, depois de abrir 2 a 0, no Mineirão.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir