Cidadeverde.com
Política

Saiba quem são os pré-candidatos ao governo do estado nas eleições de 2022

Imprimir

A disputa pelo governo do Piauí tem até agora oito pré-candidatos. O primeiro turno das eleições estaduais de 2022 será em 2 de outubro e o segundo, se houver, está previsto para o dia 30. 

As convenções partidárias, período que os partidos têm para oficializar os nomes na disputa, começam em 20 de julho e vão até o dia 5 de agosto. Até a data limite, outras indicações podem surgir, já que partidos ainda tentam costurar alianças para lançar nomes na corrida eleitoral. 

Veja abaixo, por ordem alfabética, quem são os pré-candidatos ao Governo do Piauí até agora: 

Coronel Diego Melo (PL)

Foto: Arquivo Cidade Verde

Diego Melo é filiado ao Partido Liberal (PL). Coronel da Polícia Militar do Piauí (PM-PI), ele foi candidato a deputado federal pelo PROS em 2018 e a prefeito nas eleições municipais de 2020 na capital pelo Patriota. Ele também já presidiu a Associação Dos Oficiais Militares Do Estado Do Piauí (Amepi). Nestas eleições, Major Diego Melo vem se colocando como o pré-candidato do presidente Jair Bolsonaro (PL). 

Geraldo Carvalho (PSTU) 

Foto: Renato Andrade/ Cidade Verde

Geraldo Carvalho é filiado ao Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU). Professor da Universidade Federal do Piauí (UFPI) em Floriano, já foi candidato ao Senado, a prefeito de Teresina e ao governo do estado pela sigla. Geraldo Carvalho já foi militante do PT, partido com o qual rompeu em 1997. Ele também presidiu o Sindicato dos Bancários na década de 90 e posteriormente dirigiu o Sindicato Nacional dos Professores de Instituições de Ensino Superior (Andes SN). 

Gessy Fonsceca (PSC)

Foto: Arquivo Cidade Verde

Gessy Fonseca é filiada ao Partido Social Cristão (PSC). Empresária, ela foi candidata a prefeita nas eleições municipais de Teresina em 2020. Disputando pela primeira vez, ela teve obteve 50.221 votos no pleito e ficou em 3° lugar no primeiro turno. Em 2021, ela assumiu a gestão da Secretaria de Economia Solidária (Semest), deixando a pasta no ano seguinte para disputar as eleições.

Gustavo Henrique (Patriotas)

Foto: Arquivo Cidade Verde

Gustavo Henrique é filiado ao Patriotas. Formado em Direito, Administração e servidor público concursado, foi candidato a senador do Piauí nas eleições de 2014. Ingressou na vida política através de movimentos estudantis e já foi militante na juventude do MDB. Atualmente, é presidente estadual do Patriotas.  

Madalena Nunes (PSOL)

Foto: Renato Andrade/ Cidade Verde

Madalena Nunes é filiada ao Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). Servidora pública da Justiça Federal do Piauí, ela fez parte da gestão do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal do Piauí (Sintrajufe-PI). Além disso, também faz parte do Núcleo Piauí da Auditoria Cidadã da Dívida e da Frente Popular de Mulheres Contra o Feminicídio no Piauí. Já foi candidata a deputada federal e candidata a vereadora em uma coletiva de mulheres negras, as Marias na política, ambas pelo PSOL.

Rafael Fonteles (PT)

Foto: Divulgação

Rafael Fonteles é filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT). Bacharel em Matemática pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) e Mestre em Economia Matemática pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA-RJ), foi secretário estadual da Fazenda do Piauí (Sefaz) de janeiro de 2015 a 31 de março de 2022, coordenador do PRO Piauí e presidente do Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal (Comsefaz) por dois mandatos. Rafael Fonteles tem se colocado como o pré-candidato apoiado pelo ex-presidente Lula (PT) e concorre à sucessão do ex-governador Wellington Dias (PT).

Ravena Castro (PMN)

Foto: Renato Andrade/ Cidade Verde

Ravenna Castro é filiada ao Partido da Mobilização Nacional (PMN). Advogada criminalista e jornalista é professora no curso Direito e integrante do Conselho Estadual dos Agentes de Investigação Confidencial do Piauí. Ela também destaca ser mãe de uma criança de oito anos portadora de TDAH, ativista do combate à violência contra mulher, defensora do empoderamento feminino e da saúde das crianças portadoras de necessidades especiais e presidente estadual do PMN do Piauí.

Silvio Mendes (União Brasil)

Foto: Renato Andrade/ Cidade Verde

Sílvio Mendes é filiado ao União Brasil (UB). Graduado em Medicina com especialidade em Ortopedia na Universidade de São Paulo, Sílvio Mendes foi eleito prefeito de Teresina por dois mandatos nas eleições de 2004 e 2008. Sílvio Mendes é médico do Ministério da Saúde (SUS) e membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia. Foi presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS) nas gestões dos prefeitos Wall Ferraz (1993/1995) e Chico Gerardo (1995/1996), e nos dois períodos de Firmino Filho (1996/2004). Nestas eleições, conta com apoio do ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (Progressistas).

 

Paula Sampaio
[email protected]

Imprimir