Cidadeverde.com
Esporte

Mistão do Flamengo vence Santos na Vila e aumenta pressão sobre Bustos

Imprimir

O time misto do Flamengo venceu o Santos por 2 a 1 na noite deste domingo (2), na Vila Belmiro, pela 15º rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols rubro-negros foram marcados por Pedro e Gabigol, enquanto Vinícius Zanocelo descontou para o Peixe.

Foto - Gilvan de Souza / CRF

O técnico Dorival Júnior optou por preservar titulares, desgastados após a viagem para a Colômbia no meio da semana, mas montou um Flamengo competitivo e que, especialmente no primeiro tempo, dominou o Santos. 

A derrota aumenta a pressão sobre o argentino Fabián Bustos, muito criticado pelos presentes no estádio e com trabalho sob avaliação da cúpula santista.

Com o resultado, o Fla termina o sábado na sétima colocação do Brasileirão, com 21 pontos. O Peixe estaciona nos 19 e cai para a oitava posição. A rodada será concluída na segunda (4).

Na próxima rodada do Brasileirão, o Santos atua novamente na Vila Belmiro e recebe o Atlético-GO no domingo da semana que vem (10), às 18h. No mesmo dia, mas às 16h, o Flamengo visita o Corinthians, na Neo Química Arena.

Antes, porém, os times entram em campo por torneios continentais. O Peixe enfrenta o Deportivo Táchira-VEN, na Vila, pela volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana - a ida terminou empatada em 1 a 1. 

O Rubro-Negro, por sua vez, recebe o Tolima-COL, no Maracanã, pelo segundo jogo das oitavas de final da Libertadores - o Fla venceu a primeira partida por 1 a 0, fora de casa. Os dois jogos ocorrem na quarta (6), às 21h30.

O time misto do Flamengo não teve dificuldades para dominar o Santos em plena Vila Belmiro no primeiro tempo. O Rubro-Negro controlou as ações, neutralizou o Peixe e conseguiu abrir o placar em bonito gol de jogada trabalhada aos 18 minutos. 

Marinho achou passe em profundidade para Everton Ribeiro, que cruzou para Pedro, de voleio, colocar o Fla na frente.

A etapa final voltou mais equilibrada, com os visitantes ligeiramente superiores. Ainda assim, foi o Santos quem conseguiu marcar: Vinícius Zanocelo, de falta, deixou tudo igual aos 21. 

O Flamengo respondeu rápido e, após a entrada de titulares, fechou o placar com gol de Gabigol, aos 28.

Marinho

No primeiro encontro com o Santos depois de forçar a saída para jogar pelo Flamengo, Marinho não foi poupado pelos santistas presentes na Vila Belmiro e foi muito vaiado. Ao entrar no gramado, o atacante colocou as mãos nos ouvidos, de forma irônica, enquanto ouvia os insultos. 

Em campo, o camisa 11 se destacou, levou a melhor nos duelos pelo lado direito do ataque rubro-negro e participou da jogada do gol de Pedro. Gustavo Henrique e Gabigol, revelados pelo Peixe, também foram alvos da torcida alvinegra.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir