Cidadeverde.com
Geral

Ataque com míssil da Rússia a prédio residencial mata 15, diz Ucrânia

Imprimir

A Ucrânia acusou neste domingo (10) a Rússia de realizar um ataque com mísseis contra um prédio residencial em Chasiv Yar, na região separatista de Donetsk, e deixar ao menos 15 pessoas mortas, segundo informações divulgadas por autoridades locais.

"Durante as operações de resgate, 15 pessoas foram encontradas mortas no local e cinco pessoas foram resgatadas com vida", de acordo com o balanço atualizado divulgado pela unidade local do Serviço de Situações de Emergência da Ucrânia.

As equipes de resgate estão em contato com três pessoas vivas sob os escombros, afirmaram as autoridades.

O edifício de cinco andares teve duas entradas destruídas, de acordo com o Ministério de Assuntos Internos da Ucrânia. Mais cedo, o órgão informou que o ataque deixou mortos, mas não revelou detalhes.

Policiais e socorristas iniciaram uma operação para resgatar os civis dos escombros.

Algumas horas antes, o governador da região de Donetsk, Pavlo Kyrylenko, anunciou um balanço de seis mortos, cinco feridos e 30 pessoas sob os escombros.

Ainda segundo o governo da Ucrânia, o ataque foi realizado por meio do disparo de quatro mísseis e autoridades ucranianas abriram mais um processo para apurar crimes de guerra por parte da gestão do presidente Vladimir Putin.

A região de Donetsk, predominantemente russófona, é o principal objetivo de Moscou na Ucrânia desde que o exército russo conquistou a região de Lugansk após combates violentos nas cidades de Severodonetsk e Lyssychansk.

De acordo com Kyrylenko, 591 civis morreram e 1.548 ficaram feridos na região de Donetsk desde o início da invasão russa em 24 de fevereiro.

Fonte: Folhapress

Imprimir