Cidadeverde.com
Esporte

Inter marca no fim, supera o América-MG e pula para terceiro no Campeonato Brasileiro

Imprimir

O Internacional venceu o América-MG com gol no último minuto. Nesta terça-feira (11), Moisés marcou o gol da vitória por 1 a 0, no Beira-Rio, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Foto - Ricardo Duarte - Internacional

A vitória leva o time colorado para o terceiro lugar na classificação, com 28 pontos. O América-MG para com 18 pontos na classificação, em 15º.

O Internacional volta a campo no sábado (16) para encarar o Athletico-PR, pelo Brasileiro. Já o América-MG tem partida marcada para quinta-feira (14), contra o Botafogo, que vale vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. No duelo de ida, o time mineiro venceu por 3 a 0.

O Internacional teve o domínio do jogo. Não foi o time que anulou o rival, como aconteceu contra o Colo-Colo, pela Sul-Americana, mas esteve no comando das ações durante boa parte da partida. 

Os caminhos para o gol, porém, demoraram a aparecer. Quando as chances foram criadas, acabaram caindo nos pés de David, que desperdiçou ao menos duas oportunidades.

Percebendo como estava complicado de pisar na área do rival, Mano Menezes fez o Inter sair de sua formação habitual (4-4-2) para um 4-3-3, abrindo Taison na direita junto a David e Pedro Henrique na frente. O rendimento melhorou gradualmente e o gol de Moisés só saiu no último minuto.

Taison tem sofrido com problemas clínicos ao longo da temporada. Depois de muitas idas e vindas do departamento médico, ele teve sequência nos últimos jogos, mas novamente foi atrapalhando diante do América-MG. Após uma disputa de bola, precisou ser substituído alegando dores.

O América-MG cumpriu o protocolo de time visitante. Vagner Mancini orientou seus jogadores a fecharem os espaços na frente da área para proteger a meta de Matheus Cavichioli. Deu certo durante boa parte do jogo. 

A eficiência de sua estratégia, contudo, foi prejudicada pelo momento que sua equipe conseguia ter a bola. A procura pelo contra-ataque não promoveu muitas oportunidades ao longo dos 90 minutos. 

Já no fim da partida, uma grande chance foi desperdiçada por Carlos Alberto, que parou em Daniel.

Os jogadores de Internacional e América-MG protestaram antes do jogo em razão do Projeto de Lei 1153/2019. A PL, aprovada na Câmara dos Deputados, faz alterações na Lei Pelé e atinge diretamente a relação entre jogadores e clubes. 

Tão logo o árbitro apitou para o início do jogo, gaúchos e mineiros permaneceram parados com as mãos tapando a boca por aproximadamente 10 segundos. A ação já tinha sido realizada nos jogos do fim de semana da rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir