Cidadeverde.com
Geral

Cinco parlamentares seguem na disputa pelo cargo de premiê do Reino Unido

Imprimir

Foto: Reprodução/Google Maps

Parlamentares do Partido Conservador no Reino Unido eliminaram nesta quinta-feira, 14, um dos seis candidatos restantes da disputa para substituir o primeiro-ministro Boris Johnson, enquanto o favorito Rishi Sunak, ex-ministro das Finanças, trabalhava para evitar o impulso da desafiante surpresa Penny Mordaunt.

A procuradora-geral Suella Braverman obteve o menor número de votos de seus colegas, 27, e foi eliminada da disputa, deixando cinco candidatos.

Sunak obteve o maior número de votos, 101, com a ministra do Comércio, Mordaunt, em segundo lugar com 83. A casa de apostas Ladbrokes disse que Mordaunt agora é a favorita para vencer a eleição de liderança, seguido por Sunak e pela secretária de Relações Exteriores, Liz Truss, que obteve 64 votos.

O ex-ministro da Igualdade Kemi Badenoch, uma estrela em ascensão da direita libertária do partido, e o legislador centrista Tom Tugendhat continuam na corrida, embora Tugendhat tenha apenas 32 votos e esteja sob pressão para desistir. Ele disse, no entanto, que continuaria lutando e participaria dos debates dos candidatos televisionados na sexta, domingo e segunda-feira.

Novas rodadas de votação dos 358 legisladores conservadores ocorrerão a partir de segunda-feira, até que restem apenas dois candidatos.

Os dois últimos candidatos enfrentarão um segundo turno de cerca de 180 mil membros do Partido Conservador em todo o país. O vencedor está programado para ser anunciado em 5 de setembro e se tornará automaticamente primeiro-ministro, sem a necessidade de uma eleição nacional.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir