Cidadeverde.com
Política

Regina cobra que donos de postos baixem preço de combustíveis

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com 


A governadora Regina Sousa (PT) fez críticas aos donos de postos de combustíveis nesta segunda-feira (18) e cobrou que empresários baixem na bomba o preço da gasolina e do óleo diesel. A chefe do executivo estadual avaliou como "injustificável" o fato do preço continuar em alta após a lei que limita as alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para 18% ter sido sancionada.  

“Não justifica. Esses homens de postos, tão falantes para me agredir, agora tem que dar uma resposta para o povo. O povo tem que cobrar”, pontuou. 

Questionada se o governo do estado poderia articular uma maior fiscalização em postos, a governadora não confirmou e disse que é a população quem tem que cobrar. 

“O melhor fiscal é a população, nada justifica um diesel a R$ 7. Que história é essa? O diesel desde novembro que o preço base cobrávamos os impostos a R$ 4,85 o diesel  e R$ 6,49 a gasolina. Ainda pode baixar mais porque o preço é R$ 4,89 a gasolina e R$ 5 o diesel depois da lei”, enfatizou. 

Regina Sousa ainda comentou sobre a derrubada pelo Congresso do veto que impedia a compensação aos estados pela perda de arrecadação com ICMS nos estados. A governadora cobrou uma regulamentação da nova modalidade e disse que temer uma nova “reviravolta” possa impedir os estado de receber alguma compensação. 

“Quem tem dívida da União terá automático praticamente. O Piauí deve aos bancos, eu vou poder suspender o pagamento ao Banco Brasil? Não, eu vou ter que pagar e esperar que o governo federal ressarcir o estado. Isso não foi dito como será. Não sei ainda se terá uma mão amiga para impedir isso. Tem que ter uma regulamentação. Derrubaram o veto é isso foi muito bom, agora quando isso vai acontecer?”, destacou. 

 

 

 

Flash Paula Sampaio 
[email protected]

Imprimir