Cidadeverde.com
Esporte

Ex-chefe da Ferrari diz que Schumacher está 'assistindo às corridas da F1'

Imprimir

O ex-chefe de equipe da Ferrari, Jean Todt, deu atualizações sobre Michael Schumacher. Seu estado de saúde é mantido em segredo por sua família, mas Todt deu indícios sobre o ex-piloto.

"Não sinto falta dele porque o vejo. Michael e eu assistimos às corridas de Fórmula 1. Claro, não posso dizer que não sinto falta das coisas que costumávamos fazer", disse à emissora alemã RTL/NTV.

Schumacher não foi visto publicamente depois que sofreu um acidente quase fatal enquanto esquiava nos Alpes franceses e\m 2013. O alemão sofreu um inchaço no cérebro depois de bater a cabeça em uma pedra e foi colocado em coma induzido por seis meses.

Além disso, Todt afirmou que visita o ex-piloto alemão com frequência: "Eu o visito pelo menos duas vezes por mês. Não o deixo sozinho".

"Eu, Michael, Corinna e toda a sua família passamos por muita coisa. A beleza do que vivenciamos é parte de nós. Ele é tão forte", completou.

Michael Schumacher é considerado um dos principais nomes do automobilismo mundial, tendo conquistado sete vezes o título da Fórmula 1.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir