Cidadeverde.com
Política

PDT oficializa apoio a Silvio Mendes e indicará Charles da Silveira para suplência de Joel

Imprimir
  • sssaws.jpg Renato Andrade/Cidadeverde
  • sss.jpg Renato Andrade/Cidadeverde
  • apoioww_w.jpg Renato Andrade/Cidadeverde
  • apoio_pdtww.jpg Renato Andrade/Cidadeverde
  • silvio_mendes_pi.jpg Renato Andrade/Cidadeverde
  • jol_rodriguesd_do_pddd.jpg Renato Andrade/Cidadeverde
  • ciro_nogueira_senador.jpg Renato Andrade/Cidadeverde
  • charles_da_silveira_111.jpg Renato Andrade/Cidadeverde

O PDT oficializou nesta sexta-feira (22) o apoio aos pré-candidatos da oposição Silvio Mendes (União Brasil) e Joel Rodrigues (Progressistas). O partido fará a indicação da primeira suplência de senador da oposição e apresentará o nome do professor Charles da Silveira (PDT) para a vaga. 

A confirmação foi dada pelo ministro Ciro Nogueira (Progressistas) durante a solenidade que ocorreu em auditório na zona Leste de Teresina. A suplente Belê Medeiros também foi confirmada para a segunda suplência. 

O PDT, que até então se mantinha em relativo silêncio em relação à sucessão estadual, chega nos quadros da oposição, mas não vai exigir que os membros sigam o posicionamento. O vereador Enzo Samuel (PDT), por exemplo, optou por manter o apoio a pré-candidato Rafael Fonteles (PT), conforme anúncio do próprio parlamentar. 

“A tomada de decisão particular de qualquer candidato não será vista como infidelidade, falta de respeito ou consideração pelo partido. Pelo contrário, essa conversa foi feita várias vezes com o vereador Enzo Samuel”, afirmou o presidente estadual da sigla, o vereador Evandro Hidd (PDT). 

Segundo o vereador, a única exigência do PDT será que os membros votem no candidato à presidência da República, Ciro Gomes (PTD).  Inclusive, conforme acrescentou que Evandro Hidd, esse consenso sobre o nome de Ciro Gomes perpassou entre os motivos para a declaração de apoio à Silvio Mendes. 

“Esse apoio não foi a troco de qualquer coisa, não foi por suplência. A tomada de decisão foi bem antes de conversa em relação à indicação. O fato que puxou muito para essa decisão foi o fato do Silvio Mendes não ter qualquer tipo de candidato oficial à presidência da República, então, ficamos bem mais a vontade, de trabalhar o nome de Ciro Gomes casando com o nome de Silvio Mendes”, destacou. 

Silvio Mendes comemorou a adesão do partido. Em relação ao pré-candidato que apoia para à presidência da república, Silvio Mendes disse que o União Brasil tem um nome na disputa, Luciano Bivar. Ele disse que deve vir ao Piauí e acrescentou que conversará com o deputado. 

“Só temos recebido boas notícias, são pessoas que assim como nós querem um Piauí melhor”, disse. “O meu partido tem um candidato que é o Bivar, que eu esperava que surgisse uma terceira via e não surgiu […] ele é do meu partido, ele deverá vir aqui, eu ainda não conversei com ele”, disse. 

 

Paula Sampaio 
[email protected]

Imprimir