Cidadeverde.com
Geral

Helicóptero vai auxiliar no combate a queimadas no Piauí durante B-R-O Bró

Imprimir

Foto: Corpo de Bombeiros

Um helicóptero vai auxiliar as equipes do Corpo de Bombeiros no trabalho de combate às queimadas durante o período do B-R-Ó Bró no Piauí. A aeronave, contratada pela Secretaria de Meio Ambiente (Semar), vai ser utilizada para o transporte de militares, brigadistas, água e equipamentos. 

O Piauí já registrou 504 focos de queimadas somente no mês de julho, segundo dados do levantamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). O número é quase o dobro do registrado no mês de junho. Por conta do aumento dos indicadores, além da aeronave, outros equipamentos também devem chegar nas próximas semanas para fortalecer o combate às chamas. 

“Juntamente com a Semar (Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos) já foi feito o contrato de um helicóptero que ele permite tanto o transporte de bombeiros, pessoas e brigadistas que vão fazer o combate ao incêndio, como um equipamento que transporta água para fazer o combate a incêndio”, informou o tenente coronel José Veloso, relações públicas do Corpo de Bombeiros. 

De janeiro até agora, o estado ocupa a 10º posição do Brasil em relação aos focos de queimadas. Apesar do número elevado, o coronel Veloso explica que a quantidade está dentro da média esperada e que o pico máximo será marcado nos meses de B-R-O-BRÓ, quando o calor aumenta e o tempo fica mais seco. 

“Apesar desses números, eles estão dentro da estatística, dentro da média histórica, então anualmente nós já temos esse perfil de termos um acréscimo da quantidade, em setembro, outubro e novembro nós temos exatamente o nosso pico máximo”, esclarece.

O coronel José Veloso destaca que as equipes já estão realizando as ações da operação Guardiões do Bioma, com a capacitação de brigadistas. A Polícia Civil e Militar também trabalharão para orientar e identificar possíveis práticas criminosas. 

“Estamos nesse momento na operação guardiões do bioma que envolve todo o estado do Piauí. Nós estamos capacitando brigadistas, o município contrata e nós fazemos a formação, e são pessoas que moram, conhecem a região, são lavradores, que vão conhecer as técnicas de combate ao incêndio e vão auxiliar o Corpo de Bombeiros em caso de ocorrências de incêndios na região”, acrescenta.

O relações públicas do Corpo de Bombeiros ressalta ainda que o cerrado e o semiárido estão sendo as regiões que mais estão apresentando focos de incêndio neste momento.

“Nesse momento, nos preocupa a região do Cerrado e Semiárido. A região Meio-Norte e a região do Litoral, nó não estamos tendo ainda a ocorrência de incêndio mais robustos, mas no Cerrado e Semiárido já foram identificados alguns focos de incêndio”, finaliza.

 

 

Rebeca Lima
[email protected]

 

 

Imprimir